Futebol/Bastidores - ( )

Arena do Grêmio recebe mais 90 dias de licença provisória

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

A Arena do Grêmio recebeu nesta sexta-feira mais 90 dias de licença provisória pelo Corpo de Bombeiros. O motivo da ampliação do prazo, que expiraria no próximo dia 30, é dar ao clube tempo hábil para instalar gradis ou cadeiras no espaço ocupado pela geral, hoje interditado devido aos incidentes no jogo entre Grêmio e LDU, no final de janeiro.

A decisão sobre a liberação do espaço sem cadeiras, para que os torcedores possam assistir ao jogo de pé, deve ocorrer na próxima segunda-feira. De qualquer modo, é praticamente impossível que a geral esteja aberta ao público para a partida contra o Santa Fé, dia 1º de maio, pela Libertadores. De acordo com uma estimativa da construtora OAS, que ergueu o estádio, serão necessários 20 dias para adequar o espaço para a presença de torcedores.

A capacidade total da Arena atualmente é de 52 mil torcedores. Com a liberação para que os torcedores fiquem em pé no espaço da geral, sobe para 60,5 mil. Caso haja necessidade de preencher o espaço com cadeiras, o estádio poderá receber até 56 mil pessoas.

Na partida entre Grêmio e LDU, torcedores caíram no fosso após realizarem a “avalanche”, comemoração na qual os fanáticos descem correndo as arquibancadas quando o Grêmio marca um gol. Sete torcedores se feriram na ocasião. A instalação dos gradis serve justamente para impedir que as avalanches voltem a acontecer.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade