Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

"Atlético-MG vai querer nos tirar do mata-mata", diz são-paulino

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O jogo de quarta-feira que vem pode ser o primeiro de uma série de três contra o Atlético-MG na Copa Libertadores, desde que o São Paulo consiga a classificação. Após os resultados da quinta rodada, é certo que, caso passe de fase, seu adversário nas oitavas de final necessariamente será o time mineiro.

Na opinião do volante Rodrigo Caio, a possibilidade do confronto no mata-mata deve aumentar a gana do concorrente brasileiro em eliminar o São Paulo já na próxima semana – bastando, para isso, segurar empate no Morumbi.

"Vão querer nos tirar de qualquer maneira, pode ter certeza. Esse vai ser o objetivo deles. Eles sabem da nossa força no mata-mata. Tenho certeza de que, se passarmos, vamos dar muito trabalho", disse o jogador, que ultimamente tem sido utilizado pelo técnico Ney Franco mais na lateral direita do que no meio-campo.

Embora o São Paulo não dependa apenas de si, pois precisa vencer e contar com tropeço do segundo colocado The Strongest para o lanterna Arsenal, Rodrigo Caio esbanja confiança na conquista da improvável vaga.

"Futebol é em campo, jogando. A gente vai ter ajuda da nossa torcida no Morumbi, que é muito forte. Tenho certeza de que, se a gente passar, vai muito forte para a próxima fase", comentou.

Antes da partida decisiva na Libertadores, o time joga no Morumbi às 18h30 (de Brasília) deste sábado, frente ao XV de Piracicaba, pelo Campeonato Paulista. Em função de já ter obtido com antecedência a melhor campanha da primeira fase, o grupo principal será poupado.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade