Futebol/Liga dos Campeões da Europa - ( - Atualizado )

Barcelona vai à Uefa protestar contra árbitro de empate com o PSG

Barcelona (Espanha)

O erro do árbitro Wolfgang Stark no primeiro gol do Paris Saint-Germain na partida de ida das quartas de final da Liga dos Campeões parece ainda não ter sido digerido pelo Barcelona. Nesta quinta, o clube catalão confirmou o envio de um protesto formal à Federação Europeia de Futebol (Uefa) contra o juiz.

Na ocasião, Stark ignorou impedimento de Ibrahimovic no momento da cabeçada na trave do brasileiro Thiago Silva. No complemento da jogada, o atacante sueco completou para as redes e igualou o placar da partida pela primeira vez – o jogo acabaria empatado em 2 a 2, após final emocionante.

AFP
Jogadores do Barcelona reclamam de impedimento no gol de Ibrahimovic: lance segue gerando polêmica
Além disso, o documento menciona que o árbitro obrigou Jordi Alba e Javier Mascherano a saírem de campo para receberem assistência médica. De acordo com a regra da Fifa, uma partida deve ser paralisada quando dois jogadores do mesmo time estão contundidos. O Barça, porém, ficou momentaneamente com nove em campo no momento em que o PSG pressionava pelo gol.

“A regra diz que é preciso parar o jogo quando dois jogadores de uma mesma equipe estão lesionados. Neste caso, a Uefa deve de estar de acordo conosco. Ele não só não parou a partida, mas também criou uma ocasião contra nós ao fazer os dois jogadores saírem de campo", relata o porta-voz do Barcelona, Toni Freixa.

Exames apontam Mascherano fora por seis semanas

Realizados nesta quarta na Catalunha, os exames no joelho direito do zagueiro argentino Javier Mascherano apontaram rotura do ligamento lateral interno do joelho direito, sofrida no lance com Jordi Alba reclamado no protesto contra Stark. Com isso, o jogador terá que ficar de fora dos gramados por aproximadamente seis meses, o que dificulta o seu retorno ainda nesta temporada, que se encerra em dois.

Além de Mascherano, o Barcelona não pode contar com o zagueiro Puyol e o lateral-esquerdo Adriano. Após deixar a partida contra o PSG ainda no primeiro tempo, o craque Lionel Messi teve lesão muscular na coxa direita constatada, mas o clube catalão preferiu não informar a real gravidade e o tempo de recuperação de seu camisa 10 a fim de fazer mistério para a partida de volta contra os franceses, na próxima terça.

AFP
Mascherano e Jordi Alba tiveram que deixar o gramado após choque, deixando o Barcelona com apenas nove jogadores

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade