Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Com mais seis pontos, Tricolor superará campanha do último título

Tossiro Neto São Paulo (SP)

A campanha do São Paulo na Copa Libertadores poderá ser a pior de sua história em caso de derrota para o Atlético-MG, na quarta-feira. No Campeonato Paulista, contudo, a equipe lidera com folga e tem possibilidade de superar desempenho recorde de 2005, último ano em que levantou o troféu estadual.

Naquela edição, a primeira com número fixo de 20 clubes, o time então comandado por Emerson Leão somou 45 pontos e foi campeão. De 2007 para cá, o modelo de pontos corridos foi abandonado, e a competição passou a ter mata-mata depois das 19 rodadas da primeira fase, as quais anteriormente bastavam para definir o vencedor. Nesse período, o melhor desempenho foi justamente em 2007: 44 pontos.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Time de Ney Franco tenta encontrar motivação para enfrentar o XV de Piracicaba, neste sábado
Atualmente treinado por Ney Franco, o São Paulo tem 41 pontos em 17 partidas. Se vencer os dois compromissos restantes – o primeiro deles, neste sábado, contra o XV de Piracicaba, no Morumbi –, ultrapassará seu recorde na era atual do campeonato, portanto.

Ainda assim, a importância deste jogo é infinitamente inferior à do duelo de quarta-feira, contra o Atlético-MG, pela Libertadores, quando estará em jogo a vaga nas oitavas de final do torneio. Até porque, no Estadual, o São Paulo está sete pontos à frente da vice-líder Ponte Preta e não pode mais perder a primeira posição antes das quartas de final. Vai, inclusive, atuar com reservas neste sábado.

“Todos no elenco querem jogar e conquistar espaço para quarta-feira. É uma oportunidade única, antes de um jogo tão importante. Se você for bem, conseguir cumprir tudo o que o Ney pedir, tem grande chance de estar na equipe”, pondera o goleiro Denis, substituto de Rogério Ceni pela terceira partida consecutiva.

Com ou sem motivações, o time irá a campo às 18h30 (de Brasília). Mais cedo, pela manhã, o grupo principal treina no CT da Barra Funda visando o compromisso decisivo do dia 17.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade