Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Com poucos recursos, Vasco apela a trocas para se reforçar

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A péssima campanha no Campeonato Carioca,  deixou evidente a necessidade no Vasco de reforços de qualidade para não sofrer no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. O técnico Paulo Autuori vem mantendo contatos diários com o diretor executivo do departamento de futebol, René Simões, e com o gerente Ricardo Gomes, a fim de pensar em nomes. Sem muitos recursos, os dirigentes terão que diversificar na hora de procurar as peças pedidas pelo comandante.

A primeira opção se refere a trocas. O clube vai contar com três peças cedidas pelo Cruzeiro por causa da transferência do zagueiro Dedé. Além disso, René Simões tem mantido contatos com a diretoria do Palmeiras a fim de contratar alguns jogadores por conta da ida do goleiro Fernando Prass no fim do ano passado para o Verdão. Naquela ocasião o arqueiro já não tinha mais vínculo com o Cruz-Maltino por conta dos atrasos de pagamento, mas os cariocas sequer causaram problemas pela promessa palmeirense de envolver alguns atletas no futuro.

O nome que chegou a ser envolvido pelo Palmeiras foi o lateral esquerdo Juninho, mas ao saber do fato o técnico Gilson Kleina acabou interferindo e pedindo a permanência do atleta, que vem sendo utilizado entre os titulares.

Outros jogadores do elenco ainda podem ser envolvidos em trocas. É o caso do atacante Eder Luis, que tem relação desgastada com os torcedores. O Grêmio tem interesse no atleta e poderia envolver alguns nomes no acordo. Nos bastidores de São Januário fala-se ainda que o Botafogo também tem interesse, mas que os problemas recentes entre as duas diretorias afastam um possível acordo.

Divulgação/Vasco da Gama
O atacante Eder Luis interessaria a Grêmio e Botafogo e pode ser envolvido em trocas pela diretoria botafoguense
Ainda em relação ao elenco para o Campeonato Brasileiro Autuori sabe que por muito tempo não poderá contar com o atacante Bernardo, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo na vitória de 3 a 1 sobre o Quissamã. O jogador, por sinal, será submetido a uma cirurgia no dia 1 de maio e a previsão é que fique cerca de seis meses longe do gramado.

O meia Carlos Alberto, suspenso preventivamente por suspeita de doping, aguarda julgamento, mas com contrato somente até agosto, dificilmente vai voltar a defender a camisa vascaína. Carlos Alberto está no Vasco desde 2009, quando foi um dos grandes nomes na conquista do título da Série B do Campeonato Brasileiro.

Dentro de campo os jogadores ganharam uma semana de férias e na próxima semana se reapresentam para começarem a preparação para a disputa do Campeonato Brasileiro. A estreia será no dia 26 de maio diante da Portuguesa, no Rio de Janeiro. A diretoria vem acertando a realização de um período de treinos em Pinheiral (RJ), além da realização de amistosos para que Autuori possa preparar o plantel.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade