Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Com reservas, Fluminense derrota Bangu e termina na ponta do grupo B

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Com uma equipe reserva, o Fluminense bateu por 2 a 0 o Bangu e terminou a fase de classificação da Taça Rio na ponta do grupo B. Os tricolores contaram com a derrota do Resende para o Boavista para ficarem a frente na pontuação. Assim, a equipe comandada por Abel Braga vai encarar nas semifinais do segundo turno o Volta Redonda.

A vitória tricolor foi construída logo no começo da partida, com Rhayner, aos cinco minutos do primeiro tempo. O Fluminense não estava em uma tarde inspirada e só conseguiu chegar ao segundo gol aos 47 minutos do segundo tempo, com Rafael Sóbis.

O jogo - O Tricolor começou o confronto com tudo e logo com dois minutos quase abriu o placar. Samuel passou por um adversário, mas em vez de chutar tentou o toque para Rafael Sóbis e viu a zaga colocar para fora. No entanto, aos cinco, os tricolores fizeram o gol em Sâo Januário. Wallace cruzou rasteiro, Rhayner dominou no bico da pequena área e só teve o trabalho de tocar para a rede.

Mesmo depois do gol, o Fluminense seguiu melhor na partida e buscando o ataque. Os tricolores por pouco não aumentaram o marcador aos dez minutos quando Rafael Sóbis cobrou falta na entrada da área e quase acertou o canto direito de Getúlio Vargas, que apenas torceu para a bola não entrar.

Arte GE.Net
Após início movimentado e já com a vantagem, o Fluminense viu o Bangu buscar mais o ataque, mas sem perigo para Ricardo Berna. Os tricolores atacavam mais, mas pecavam nos passes próximo a área. Na parte final do primerio tempo, o duelo ficou mais lento e foi assim até o intervalo.

Na etapa final, o duelo teve pouca emoção até os 27 minutos, quando o Bangu quase igualou o marcador em São Januário. Mayaro arriscou de longe, Ricardo Berna deu rebote, mas conseguiu abafar a finalização de Wellington Júnior. O panorama seguiu o mesmo até os acréscimos, quando o Fluminense conseguiu fazer o segundo e sacramentar a vitória. Rafael Sóbis foi lançado e finalizou sem chance para Getúlio Vargas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade