Futebol/Campeonato Mineiro - ( )

Comelli aponta erros do América-MG, mas ainda crê na classificação

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O América-MG vinha evoluindo no Campeonato Mineiro, mas o time comandado por Paulo Comelli acabou errando demais e foi goleado pelo Cruzeiro por 4 a 1, no Mineirão. O treinador alviverde condenou as falhas da equipe e afirmou que o time precisa se acertar para pensar nas classificações no Mineiro e na Copa do Brasil.

“Não podemos errar tanto quanto erramos. Começamos tomando um gol com dez minutos em uma cobrança de lateral. São erros que não podem ser cometidos. Isso acaba dando tranquilidade para o adversário, que procura jogar no seu erro. O nosso time errou muito e tem que melhorar muito ainda para que possa pensar em classificação ou até mesmo em relação à Copa do Brasil”, declarou.

Além dos erros, que, na avaliação de Paulo Comelli, comprometeram o resultado do América-MG, o treinador acredita que o desempenho físico de alguns jogadores precisa melhorar, e citou os casos de Rodriguinho, que retornou de lesão, e do meia-atacante Nikão, que chegou ao clube recentemente.

“A nossa equipe não foi bem e nós temos que ser realistas. Não fizemos um bom jogo, tivemos uma boa posse de bola no primeiro tempo, mas estávamos chutando de longa distância e não criamos tantas oportunidades de gols. É um trabalho que estamos procurando encaixar, temos jogadores que precisam de uma evolução em relação à parte técnica e física”, comentou.

Questionado sobre o G4 do Mineiro, Comelli se mostrou confiante em chegar às semifinais do Estadual. “Para pensar em se classificar a gente tem que procurar vencer os jogos. Quando eu cheguei a equipe não tinha tanta possibilidade de classificação e hoje temos uma possibilidade de classificação real, mesmo com essa derrota ainda dependemos apenas de nós. Se conseguirmos as duas vitórias temos uma possibilidade grande de classificação”, concluiu.

E, após a derrota para o Cruzeiro, as chances de classificação do América-MG realmente diminuíram. No entanto, o Coelho terá um importantíssimo jogo na tarde do próximo domingo: o adversário será o Villa Nova, que tem três pontos a mais do que os americanos e é o último time do G4.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade