Futebol/Campeonato Paranaense - ( - Atualizado )

Coxa massacra o Rio Branco e segue na luta pelo returno

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Sem maiores dificuldades, o Coritiba fez sua parte na luta pelo título do returno do Campeonato Paranaense 2013 e goleou o Rio Branco por 6 a 0, no Estádio Couto Pereira. Com o resultado, o Alviverde chegou aos 18 pontos, alcançando provisoriamente a terceira colocação. Já o Leão da Estradinha segue perigosamente ameaçado pela zona de rebaixamento no ano de seu centenário.

O Coxa conseguiu abrir o placar aos 28 minutos, com o artilheiro Alex, que recebeu lançamento açucarado de Robinho e tocou na saída do goleiro para marcar. Escudero ampliou aos 40 minutos, de cabeça. Depois do intervalo, Robinho, aos nove, marcou o terceiro. Aos 27, Pereira recebeu de Alex e fuzilou para marcar. Aos 33, Anderson Costa, que fazia sua estreia, precisou de dois minutos para deixar sua marca. Aos 40, Alex fechou a contagem.

Na próxima rodada, o Coritiba terá o clássico diante do Atlético Paranaense, domingo, em local ainda a ser definido. Antes, estreia na Copa do Brasil diante do Sousa-PB. Já o Rio Branco terá pela frente o Paranavaí, quinta-feira, no Gigante do Itiberê.

O jogo – A primeira chance para o Alviverde foi criada aos quatro minutos, com Victor Ferraz encontrando Rafinha, que foi travado na hora exata do chute. A resposta veio em chute de Fabinho, que pegou torto na bola e mandou para muito longe da meta. O Coxa tentava impor seu ritmo e desperdiçou grande oportunidade, aos 12 minutos, com Deivid, que recebeu na cara do gol e chutou para defesa de Rodrigo Café.

O Leão da Estradinha, desesperado na luta contra a degola, se defendia como podia e não representava nenhum perigo para o Coritiba, que, por sua vez, tinha dificuldade para abrir o placar. Aos 19 minutos, Alex tocou de letra para Robinho, que recebeu em ótima posição e arrematou por cima da meta. Aos 23 minutos, Rafinha arriscou de fora da área e Vinícius se esticou para ceder escanteio.

A pressão deu resultado aos 28. Robinho lançou Alex, que dominou e chutou na saída do goleiro para balançar as redes. O Rio Branco criou sua primeira chance aos 34 minutos, em cobrança de falta de Matheus, que Vanderlei teve trabalho para espalmar. Na resposta, Alex, também de bola parada, carimbou a trave. Mas, aos 40 minutos, Robinho fez o levantamento e Escudero testou para ampliar a vantagem.

Para a segunda etapa, nenhuma mudança nas equipes. O Coritiba administrava bem a vantagem e tocava a bola tentando criar novas oportunidades. E ela apareceu aos nove minutos. Robinho recebeu de Deivid e, mesmo desequilibrado, tocou forte, no cantinho, para fazer o terceiro.

O Alviverde fazia grande apresentação impondo seu ritmo desde o início da partida. Aos 17 minutos, Alex chutou de fora da área, pela linha de fundo. Caimmy aprontou, aos 23 minutos, para cima da defesa coxa-branca e cruzou para Bahia, que chegou desajeitado e facilitou a vida de Vanderlei, que ficou com a bola. Aos 27 minutos, Alex serviu Pereira, que desviou para o fundo das redes.

A goleada só crescia, e com direito a estreia. Com dois minutos em campo, em seu primeiro lance com a camisa coxa-branca, Anderson Costa tabelou com Luizinho, aos 33, e chutou cruzado para fazer o quinto. Cabia mais e, aos 40 minutos, Alex, artilheiro isolado do Estadual com 12 gols marcados, fechou a contagem aproveitando assistência de Deivid.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade