Futebol/Campeonato Mineiro - ( - Atualizado )

Desejando se firmar, Goulart confessa que não entendeu saída do time

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Com Dagoberto suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o meia-atacante Ricardo Goulart terá mais uma oportunidade de ser titular do Cruzeiro no clássico contra o América-MG, marcado para domingo, no Mineirão. O jogador tem entrado no segundo tempo dos jogos e decidido as partidas em favor da Raposa.

Ricardo Goulart começou a temporada como titular do time celeste, mas perdeu espaço depois da regularização de Diego Souza, e chegou inclusive a ficar fora do banco de reservas em alguns jogos. O atleta revela que não entendeu porque saiu do time, mas que não questionou e procurou trabalhar para retornar a equipe.

“Tem coisas do futebol que a gente não entende. Comecei dois jogos, depois não fui nem para o banco. Tenho de trabalhar, quem decide é o Marcelo. Foi o que fiz. Continuei trabalhando. Quando tive oportunidade, estava na minha mente entrar e colaborar com a equipe. Isso aconteceu e fico muito feliz”, declarou.

O meia-atacante cruzeirense garante que vai fazer o possível para entrar na equipe e não sair mais do time titular e deixa claro que a torcida vai ver um jogador diferente em campo. “Vai ver um jogador aguerrido, com boas movimentações, chegando à área. Vou fazer de tudo para que a gente possa fazer os três pontos, e a cada jogo vou procurar me firmar. Esse é o objetivo”, conclui.

Washington Alves/Vipcomm/Divulgação
Após nem ser relacionado para partidas, Ricardo Goulart entrou bem nas últimas partidas e ganhou chance na equipe titular celeste

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade