Futebol/Campeonato Goiano - ( - Atualizado )

Enderson se explica e se desculpa após discutir com jornalista

Goiânia (GO)

O técnico do Goiás, Enderson Moreira, que discutiu com um jornalista na coletiva de imprensa após o empate contra o Atlético-GO em 2 a 2 neste sábado, emitiu uma nota oficial em que se desculpou pelo incidente e explicou o ocorrido.

Enderson deixou claro que a atitude que tomou foi inédita em sua passagem pelo clube esmeraldino e enfatizou o adjetivo usado pelo jornalista, ‘ridículo’, que para o treinador foi desrespeitoso.

No final da nota, o técnico do Alviverde se desculpou com os outros profissionais que estavam presentes na entrevista coletiva e que acabaram indo embora sem nenhuma palavra graças à confusão. Confira a nota na íntegra:

Hoje, logo no início da minha entrevista coletiva após o jogo contra o Atlético, um repórter agiu de forma extremamente desrespeitosa ao afirmar que o time do Goiás havia sido ridículo no primeiro tempo. Uma falta de respeito não apenas com o meu trabalho, mas com o de toda a comissão técnica, da diretoria, dos jogadores e também com a torcida de um time que completou 70 anos hoje. Em 18 meses como técnico da equipe, nunca me faltou consideração aos profissionais da imprensa, que diariamente cobrem o clube e aos quais sempre atendi com a maior atenção possível. Por esse motivo, não aceitei a postura do jornalista e encerrei a minha participação na coletiva por entender que não havia mais clima para continuar.

Peço desculpa aos demais profissionais que tiveram o trabalho prejudicado, assim como tive o meu. Além disso, aproveito para deixar claro que, apesar desse fato lamentável, a rotina da imprensa não será alterada. As entrevistas continuarão ocorrendo normalmente durante a semana no clube. Contudo, atitudes como essa jamais serão aceitas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade