Futebol/Bastidores - ( )

Fora contra Flamengo-PI, Muricy Ramalho passa por exames

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Afastado da estreia do Santos na Copa do Brasil, no empate com o Flamengo-PI, na noite da última quarta-feira, no Estádio Albertão, por recomendação médica, após apresentar um quadro de diverticulite – em razão de um tipo de inflamação no intestino grosso –, o técnico Muricy Ramalho tem chances de voltar a comandar os treinos da equipe praiana nesta sexta, no CT Rei Pelé.

O treinador, que foi internado na última sexta-feira e só recebeu alta no domingo do Hospital São Luiz, na região do Morumbi, em São Paulo, segue sendo acompanhado pelo médico-cirurgião Alexander Morell e passará por novas avaliações clínicas nesta sexta para saber se pode retornar normalmente às suas funções.

Caso seja liberado pelos médicos, Muricy, que foi substituído interinamente pelo seu auxiliar Tata, contra os piauienses, poderá dirigir o time alvinegro diante do União Barbarense, no próximo sábado, a partir das 18h30 (de Brasília), no Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães. O confronto é válido pela 18ª rodada do Campeonato Paulista.

No comando do Santos, o técnico já teve problemas de saúde anteriormente. Em 2011, em meio à disputa do Campeonato Brasileiro, Muricy Ramalho teve uma crise de hérnia de disco. Com isso, Tata dirigiu o Peixe em algumas partidas do Brasileirão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade