Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Goiás resolve pendência jurídica com Leão e acerta novo patrocínio

Goiânia (GO)

A briga jurídica entre Goiás e o técnico Emerson Leão acabou com um acordo, selado entre as partes na Câmara Permanente de Conciliação do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região, nesta terça-feira. Além dos advogados das duas partes, o presidente esmeraldino, João Bosco Luz, esteve presente na audiência realizada nesta terça-feira. Os goianos irão pagar ao treinador R$ 839 mil, divididos em 20 parcelas de R$ 41,9 mil, referentes à rescisão contratual.

Leão comandou o Goiás em 2010, ano em que o time foi rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro. O treinador foi contratado em abril e acabou demitido em agosto, quando o time ocupava a lanterna da Série A.

Syd de Oliveira Reis era o presidente do Goiás na época. Acusado de cometer irregularidades na gestão do clube, o mandatário foi deposto pouco tempo depois da demissão de Leão, que processou o clube esmeraldino exigindo mais de R$ 2 milhões de reais de indenização.

Goiás acerta com novo fornecedor de materiais esportivos

A diretoria do Goiás acertou com a Puma, empresa alemã de materiais esportivos, um contrato até o fim da atual temporada. Os dirigentes esperam apenas a assinatura do acordo para fazer o anúncio oficial com a marca que já estampou a camisa do clube entre 2006 e 2008. A expectativa é que a nova linha de uniformes seja lançada no começo de maio.

Divulgação/Goiás E.C.
Emerson Leão está desempregado desde que deixou o São Caetano, em outubro de 2012

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade