Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Grêmio tem bom retrospecto no Sul contra brasileiros na Libertadores

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Se não perder o jogo desta quarta é importante para o Grêmio (pois o deixaria a um empate da classificação às oitavas de final da Libertadores), no que depender do retrospecto, os gremistas podem ficar otimistas. Há 16 anos a equipe não perde para um adversário brasileiro na Libertadores jogando em casa. De lá para cá, foram apenas seis jogos, é verdade. Mas ainda assim, o desempenho é amplamente positivo.

A última derrota foi para o Cruzeiro, em 1997, no Olímpico, por 1 a 0. Antes, o time só havia sido derrotado pelo Corinthians, no ano anterior, pelo mesmo placar. Em 15 jogos, foram 8 vitórias, 5 empates e somente estas duas derrotas. Contra cariocas, a equipe nunca foi derrotada em casa na Libertadores: em seis jogos, são quatro vitórias e duas derrotas enfrentando Flamengo, Vasco e Botafogo.

O Fluminense será o primeiro adversário brasileiro de fora do Rio Grande do Sul a enfrentar o Grêmio na Arena. O novo estádio gremista deve bater seu recorde oficial de público nesta quarta. Com todos os ingressos vendidos, a expectativa de público gira em torno dos 50 mil torcedores. Sem a geral, que está interditada após os incidentes do jogo contra a LDU, a capacidade da Arena provisoriamente baixou de 60,7 mil para 52 mil torcedores.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade