Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Jadson se destaca com gol e recebe elogios até de técnico rival

Helder Júnior e Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

Vice-artilheiro do São Paulo na temporada, o meia Jadson chegou ao seu oitavo gol (o atacante Luis Fabiano tem 12) em 2013 na derrota por 2 a 1 para o Corinthians, no domingo, no Morumbi. Apesar do resultado negativo, o jogador se destacou a ponto de ganhar muitos elogios até do técnico do time rival, Tite.

“Precisei conter um pouco o Paulinho porque o Jadson joga muito e está em um momento exuberante de sua carreira, com rapidez de raciocínio e execução que merecem o nosso reconhecimento”, comentou Tite, espontâneo.

Ney Franco não ficou atrás. Para o comandante do São Paulo, Jadson foi um dos diferenciais do time no clássico. “A equipe jogou muito bem como um todo. O meio-campo, então, funcionou com Jadson e Ganso, ainda mais com o suporte de Denilson e Maicon”, disse o treinador, que já preferiu escalar apenas o atleta vindo do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, sem a companhia de Paulo Henrique Ganso na armação.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Vice-artilheiro do São Paulo no ano, Jadson celebrou o gol de sua equipe no clássico com o Corinthians
Jadson também ficou contente com o gol marcado diante do Corinthians, logo no princípio de partida. Comemorou efusivamente, batendo na veia do braço na direção da torcida tricolor. “Graças a Deus, recebi a bola do Osvaldo, adiante do marcador e tirei do goleiro para marcar o gol”, narrou, antes de se frustrar com a virada do rival no Morumbi.

O meia não tem se destacado somente como goleador. Neste ano, ele é quem mais fez assistências pelo São Paulo, ao lado do atacante Osvaldo. Cada um deu seis passes decisivos para gols.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade