Futebol/Campeonato Carioca - ( )

Jorginho se apoia em Fla-Flu para manter equilíbrio e entrosamento

Volta Redonda (RJ)

A vitória convincente no clássico deste domingo, contra o Fluminense, aumentou a motivação do Flamengo para o grande objetivo de 2013, que passou a ser a Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, tentando se apoiar na atuação do final de semana, o técnico Jorginho busca a classificação diante do Remo, novamente no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. De olho no compromisso, o grupo passará a semana treinando em Pinheiral, afastado dos holofotes da capital.

Antes mesmo de iniciar a entrevista coletiva após a vitória por 3 a 1 em seu primeiro clássico regional no comando do Flamengo, o comandante explicou a troca de Gabriel, eleito melhor em campo pela torcida, durante o clássico contra o Fluminense. Jorginho chegou a ser vaiado quando acionou João Paulo na vaga do camisa 10, que mais tarde até ganharia um carro de uma empresa patrocinadora do Flamengo em função de sua exibição.

“Não sou louco de tirar o Gabriel sem ele pedir. A torcida me chamou de burro, mas não fica sabendo do que acontece, que o Gabriel na verdade não ia voltar para o segundo tempo porque estava gripado, com uma dor enorme. Ele disse que ia jogar quinze minutos, pediu para sair e eu lamentei muito. Ele foi o melhor em campo, merecidamente ganhou o carro. Mas quero creditar essa vitória importante, contra um dos melhores treinadores no futebol brasileiro, que tem um plantel fantástico, a todos os jogadores. Estamos de parabéns e agora temos que nos manter equilibrados e entrosados para a Copa do Brasil”, garantiu Jorginho na sala de imprensa do Raulino de Oliveira.

O treinador do Flamengo aprovou, principalmente, a entrega e a ofensividade demonstrada diante do Fluminense que, ao contrário de seu time, já estava classificado para as semifinais da Taça Rio. Antes da Copa do Brasil, entretanto, Jorginho precisará resolver dois problemas: “Não tenho como adiantar o time que joga contra o Remo, porque tivemos dois que saíram por problemas. O Hernane, com dores na coxa, e o Gabriel, que está muito gripado. Então a gente tem que aguardar e descansar para o próximo jogo”.

Alexandre Vidal/Fla Imagem
Após a importante vitória no clássico contra o Fluminense, Jorginho tem dúvidas para escalar contra o Remo

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade