Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Josué aprova três volantes, mas pede tempo para entrosamento

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Com quatro jogadores considerados titulares fora do jogo contra o Boa Esporte, o técnico Cuca apostou em um esquema diferente, escalando três volantes: Pierre, Leandro Donizete e Josué. O último aprovou a alteração feita pelo treinador alvinegro. O jogador, porém, afirma que é preciso um pouco mais de entrosamento, mas que a formação pode ser usada para os jogos fora de casa.

“Foi uma mudança no esquema tático e lógico que precisamos de tempo para ter esse entrosamento. Não é porque os jogadores têm qualidade que vai se jogar com três volantes e tudo vai sair às mil maravilhas. Com três volantes ganhamos no setor de marcação, mas perdemos um pouco na ofensividade”, analisou.

Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG
Para Josué, esquema com três volantes aumenta marcação, mas diminui ofensividade do time
Josué não foi inscrito na primeira fase da Libertadores, mas, a partir das oitavas de final, poderá fazer parte do grupo. O volante afirma que contra adversários mais complicados em jogos fora de casa, no sistema de mata-mata, ter três jogadores de marcação pode fazer a diferença na hora de segurar um resultado importante para classificação.

“Poderemos usar esse esquema para se jogar fora de casa. Não diria que ele é defensivo, mas fortalece a marcação e é um esquema que pode ser utilizado. Mas se jogando dentro de casa aí precisamos da equipe um pouco mais ofensiva”, disse Josué, que deve ser inscrito na competição continental na vaga de Nikão, emprestado ao América-MG.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade