Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Juventus prepara oferta de R$ 65 milhões por Alexis Sánchez

Turim (Itália)

Em busca de reforços na janela de transferências do verão europeu, a Juventus começa a preparar investidas por alguns atletas. Conforme publicou o jornal italiano Tuttosport na edição desta quarta-feira, o clube alvinegro planeja oferecer 25 milhões de euros (aproximadamente R$ 65,2 milhões) para assegurar a contratação do atacante Alexis Sánchez.

Após a Juventus ser eliminada pelo Bayern de Munique nas quartas de final da Liga dos Campeões, o treinador Antonio Conte admitiu que sua equipe não está no mesmo nível dos melhores times da Europa. Com isto, Sánchez chegaria ao time de Turim como uma das primeiras peças para recolocá-lo entre as principais potências do continente.

A Ideia inicial da diretoria do clube italiano é oferecer 5 milhões de euros (R$ 13 milhões) pelo empréstimo do atleta chileno. Ao término do contrato, a Juventus exerceria a opção de compra e pagaria mais 20 milhões de euros (cerca de R$ 52,2 milhões) ao Barcelona dentro de um período de dois anos.

AFP
Sem ser titular absoluto no Barcelona, Alexis Sánchez pode ser negociado com a Juventus

Uma dos trunfos para garantir a contratação é a posição de Sánchez dentro do Barcelona. O atacante não é titular absoluto sob o comando de Tito Vilanova e, com a ascensão de Tello, deve perder ainda mais espaço. Além disso, a possível chegada de Neymar ou Sergio Aguero também diminuiria a importância do atleta chileno no elenco catalão.

Alexis Sánchez chegou ao Barcelona em julho de 2011, contratado junto a Udinense por 26 milhões de euros (por volta de R$ 67,8 milhões) em valores fixos e outros 11,5 milhões (R$ 30 milhões) em variáveis. Desde então, conquistou quatro títulos pelo clube catalão, incluindo um Mundial de Clubes, em 2011.

Nesta temporada, o jogador sul-americano disputou 23 partidas no Campeonato Espanhol, sendo 14 como titular, e marcou quatro gols. O atacante ainda participou de seis jogos da Copa do Rei, dois da Supercopa da Espanha e sete da Liga dos Campeões da Europa. Ao todo, são 38 confrontos e sete gols.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade