Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Kleina leva 22 jogadores para Santos e espera manter base no México

William Correia São Paulo (SP)

O Palmeiras embarcou para o litoral paulista com 22 jogadores para enfrentar o Santos no jogo único das quartas de final do Paulista, neste sábado. E a ideia de Gilson Kleina é que até 19 deles embarquem na noite de domingo para o México. O técnico quer repetir a base que escalará na Vila Belmiro diante do Tijuana, na terça-feira, na partida de ida das oitavas de final da Libertadores.

“Não vai poder ser a mesma equipe porque há jogadores sem condições de jogar a Libertadores, mas, se conseguirmos manter a base, melhor. O clássico contra o Santos envolve muito emocional, é um jogo só que define a classificação no Paulista. Vamos esperar e torcer que tudo corra bem e não tenhamos nenhum lesionado”, disse o treinador.

Dos 22 que foram para Santos, três deles certamente não vão para o México. Por terem sido inscritos pelo Grêmio na Libertadores, o volante Léo Gago e o atacante Leandro estão impedidos de atuar na competição. Já o quarto goleiro Fábio não foi registrado no torneio continental e só viajou para o litoral porque Raphael Alemão não pode entrar em campo pelo Paulista por já ter jogado na Série A3 pelo Palmeiras B – Fábio se concentra para Bruno, substituto do machucado Fernando Prass, ter um reserva.

O restante do grupo deve se preparar para uma maratona que inclui não só entrar em campo, mas também uma desgastante viagem de 17 horas até chegar a Tijuana, perto da fronteira do México com os Estados Unidos. Kleina diz não ter condições de poupar ninguém, nem mesmo Kleber, que é relacionado pela primeira vez desde 20 de março – neste período, teve tendinite no joelho direito e desconforto na coxa direita.

“Não temos condições de fazer essa administração. Vamos respeitar como o atleta vai ficar depois do jogo em Santos, mas não tem como priorizar. Se tivéssemos feito isso, talvez não estivéssemos no Paulista nem na Libertadores”, apontou o técnico, que agradece aos atletas pela sinceridade ao relataram desgaste.

Mesmo assim, o time chega às primeiras decisões no ano sem Valdivia e Prass, machucados. “Trabalho com profissionais altamente capacitados e fazemos reuniões periódicas. Muitas vezes, até antevemos as situações, mas não temos recursos para poupar e acabamos perdendo jogadores importantes para as decisões”, lamentou Kleina.

O treinador, contudo, não abre mão da garra que marcou a classificação do Palmeiras no Paulista e na Libertadores. E cobra empenho igual ou superior a partir de agora. “Estamos jogando dentro do limite. Se não temos a melhor equipe tecnicamente, coletivamente estamos nos entregando no início, no meio e no fim para termos êxito nas competições.”

Confira os 22 relacionados por Kleina para se concentrar em Santos a partir desta sexta-feira:

Goleiros: Bruno e Fábio
Laterais: Ayrton, Juninho e Weldinho
Zagueiros: Henrique, Maurício Ramos e André Luiz
Volantes: Charles, Souza, Marcelo Oliveira, Márcio Araújo, Wendel e Léo Gago
Meias: Ronny, Wesley e Tiago Real
Atacantes: Kleber, Maikon Leite, Vinicius, Caio e Leandro

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade