Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Kleina quer novo atacante e reforço do departamento médico no México

Callao (Peru)

Ciente inclusive de seu adversário nas oitavas de final, Gilson Kleina já pode imaginar como usar as três trocas a que tem direito entre os 30 jogadores inscritos pelo Palmeiras. Entre quem não está no elenco, só reforça o pedido pela contratação de um atacante, confiando que atletas importantes sairão do departamento médico para enfrentar o Tijuana no México.

Dos jogadores vetados por lesão, o mais esperado é Valdivia. Sem jogar desde 13 de março, o meia tem condições de enfrentar o Ituano neste domingo, pelo Campeonato Paulista, e tem a criatividade que a comissão técnica julgou faltar na derrota para o Sporting Cristal, nessa quinta-feira.

“Não vamos desprezar quem fez a classificação para nós. Mas daqui a pouco teremos jogadores com inteligência e criatividade no meio-campo”, apontou o técnico, que preferiu manter Tiago Real como reserva no Peru para colocar o atacante Emerson na vaga que seria ocupada por Ronny – e que era de Wesley caso o volante não estivesse suspenso.

O treinador não gostaria mais de improvisar, uma das causas que cita para a vexatória derrota por 6 a 2 para o Mirassol há três semanas. Por isso, espera ansiosamente também pela recuperação do meia Patrick Vieira, que só terá condições de entrar em campo no próximo mês.

Existe também a expectativa em relação a Kleber, que trata de sua terceira lesão em menos de três meses no clube e não agradou em campo. “Chegou a hora de colocar todos para o mata-mata. Agora é o momento dos jogadores experientes e de qualidade”, comentou Kleina.

O aguardo em relação ao ataque, porém, é por um novo nome. A diretoria não teve os R$ 10 milhões pedidos pelo Benfica para ceder Alan Kardec e agora, já sem a possibilidade de contratar atletas que estão fora do Brasil, a busca é por alguém que atua no País. E faltam opções e tempo para que o reforço chegue a tempo de ser usado contra o Tijuana.

Por enquanto, a única novidade certa na lista do Palmeiras na Libertadores é o zagueiro André Luiz. Caso ninguém mais chegue, o lateral esquerdo Fernandinho e o meia Rondinelly também podem ser registrados. A lamentação fica pela impossibilidade de usar no torneio o volante Léo Gago e o atacante Leandro, destaques no Paulista que já tinham sido inscritos pelo Grêmio em fase preliminar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade