Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Léo mira tetra paulista, mas alerta: “Mogi será adversário difícil”

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

Após eliminar o Palmeiras nos pênaltis e avançar para as semifinais do Campeonato Paulista, o Santos visita o Mogi Mirim, no próximo sábado, às 18h30 (horário de Brasília), no Estádio Romildão, em busca de uma vaga na decisão do torneio estadual. Determinado a ajudar o time praiano a conquistar o seu objetivo de chegar a mais uma final do Paulistão, o lateral-esquerdo Léo destacou a oportunidade de o Peixe conseguir o tetracampeonato paulista – o Paulistano foi o primeiro a atingir esse feito, em 1919, ainda na época do amadorismo.

“O tetra do Paulistão, que o Santos nunca conquistou, (e nenhum clube obteve na era do profissionalismo), seria um feito maravilhoso”, disse o camisa 3 santista, ciente de que o Sapão deve ser um rival complicado, no caminho para mais uma decisão.

“Essa (conquista do tetra) é a nossa maior motivação e, mesmo sabendo que o Mogi será um adversário bastante difícil, vamos nos preparar durante a semana para buscar a vaga na decisão do campeonato”, analisou Léo.

Gol “salvo” contra o Palmeiras – O veterano lateral também falou sobre um lance importante no clássico com o Verdão. No segundo tempo da partida, aos 13 minutos, Léo evitou que o atacante palmeirense, Leandro, empatasse o jogo – no fim, Kleber deixou tudo igual, mas os alvinegros levaram a melhor na disputa de cobranças de pênaltis.

“Eu fiquei na cola do Leandro e esperei a saída do (goleiro) Rafael. Quando ele fez o drible, eu me fixei na bola e, felizmente, cheguei a tempo de desviar para escanteio. Vibrei bastante na hora, pois um desarme como esse acaba tendo a mesma importância que se tivesse marcado um gol para o Santos”, contou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade