Futebol/Copa Libertadores - ( )

Lesão muscular tira Marco Antônio de decisão contra Huachipato

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Substituto de Elano na partida contra o Fluminense, o meia Marco Antônio não seguirá como titular na decisão da próxima quinta-feira, contra o Huachipato. Não por motivos técnicos, mas físicos: o articulador sofreu uma lesão muscular no primeiro tempo do jogo com o Flu e para por duas semanas.

O técnico Vanderlei Luxemburgo terá seis dias para definir um substituto, mas o mais provável é partir para a improvisação. Como Guilherme Biteco, Fábio Aurélio e Bertoglio, jogadores que poderiam exercer a função, não estão inscritos na fase de grupos da Libertadores, a opção mais provável é a entrada de mais um volante – no caso, Adriano. O esquema com três centromédios funcionou bem no segundo tempo do jogo desta quarta.

Nesta quinta, os auxiliares Roger e Émerson comandaram um coletivo para os reservas. O destaque foi a participação do boliviano Marcelo Moreno no ataque de um dos times, o que indica que ele pode aos poucos recuperar o espaço perdido. Kleber, Adriano e Bressan, que entraram no segundo tempo contra o Flu, participaram da atividade.

A boa notícia vinda do departamento médico diz respeito a Barcos. Apesar das dores nas costelas, que tem incomodado o centroavante, o jogador foi liberado pelo DM gremista para atuar. Neste final de semana, contra o Novo Hamburgo, pelo Gauchão, o argentino deve ser poupado. Tudo para estar em plena condições do jogo decisivo no Chile, quinta-feira que vem.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade