Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Luis Fabiano dá lugar a Fabrício no Reffis e corre com Maicon

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Um dia depois de fazer tratamento intensivo em dois períodos na coxa esquerda, Luis Fabiano amanheceu bem nesta terça-feira, a ponto de ir a campo. Em fase de transição do Reffis para a preparação física, o atacante correu ao redor do gramado do CT da Barra Funda, assim como o meia Maicon, que também se recupera de lesão na coxa esquerda.

Em contrapartida, Fabrício não trabalhou com o restante do grupo. O volante se queixou de dores no tornozelo direito ao longo da derrota para o Mogi Mirim, em que ele falhou no gol adversário, e foi sacado pelo técnico Ney Franco ainda no intervalo. Nesta terça, fez tratamento acompanhado de Rogério Ceni – em função do pé direito ainda dolorido, o goleiro tem priorizado trabalho de manutenção física para participar dos jogos.

Site Oficial/saopaulofc.net
Maicon e Luis Fabiano derão voltas em campo
Tal qual o camisa 1, Luis Fabiano e Maicon aparentemente não devem ser desfalques no domingo, quando o São Paulo enfrenta o Penapolense, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, no Morumbi. A não ser que a comissão técnica considere ser arriscado utilizá-los depois de longo período de inatividade.

O atacante não atua desde 31 de março, dia em que sofreu trauma na panturrilha esquerda, em clássico contra o Corinthians. No último fim de semana, ele chegou a ser relacionado, porém acusou contratura na coxa esquerda, ao fim do treinamento de sábado, e foi vetado da viagem para Mogi Mirim. Na Copa Libertadores, é desfalque por conta de mais um jogo de punição.

Já o meia lesionou a coxa esquerda no último dia 7, durante duelo com o Botafogo, em Ribeirão Preto. De lá para cá, ficou fora de três compromissos do Paulista e também não encarou o Atlético-MG, na última rodada da fase de grupos da competição continental.

No domingo, diante do Penapolense, o único desfalque confirmado é o zagueiro reserva Rhodolfo, que cumprirá suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo. Na ocasião, o time atuará com uma camisa vermelha, cor das novas cadeiras do Morumbi.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade