Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Mancha Alviverde é liberada para o jogo contra o Tigre, nesta terça

São Paulo (SP)

A maior torcida organizada do Palmeiras, a Mancha Alviverde, está liberada para ser representada no jogo contra o Tigre, nesta terça-feira, no Pacaembu, pela Libertadores. Através dos avais da Conmebol, que organiza a competição, e do 2º Batalhão de Choque, a uniformizada recebeu mais uma chance.

Com isto, faixas, bandeiras e instrumentos que representam a Mancha Alviverde estão liberados para a arquibancada amarela da praça desportiva. Os associados com registros na Federação Paulista de Futebol (FPF) também poderão assistir à partida usando os produtos da torcida.

Por meio de sua página oficial no Facebook, a diretoria da organizada comemorou. “Fomos liberados pelo fato do jogo ser da Conmebol, e também porque o 2º Batalhão de Choque entendeu o nosso pedido. Obrigado”, escreveu a cúpula.

Punições: em março de 2012, a entidade foi punida após participar de uma briga com o Gaviões da Fiel, do Corinthians, antes de um clássico pelo Paulistão. O confronto resultou na morte de dois palmeirenses, além de mais feridos e muita confusão.

Liberada já no final do ano passado, a Mancha Alviverde não soube se aproveitar da chance e, também em um clássico com o Timão, foi responsabilizada pela depredação do Pacaembu. Depois, em Araraquara, a torcida se envolveu em uma briga com o policiamento da Fonte Luminosa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade