Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Mesmo sem dinheiro para renovar, Palmeiras agrada Souza com aumento

William Correia São Paulo (SP)

O acerto que Souza disse ter feito com Paulo Nobre para garantir sua permanência no Palmeiras até dezembro, mês em que acaba seu contrato, foi financeiro. Sem dinheiro para renovar já com o volante, o presidente aumentou o salário do jogador só para fazê-lo cumprir o vínculo que já possui com o clube.

A informação foi divulgada pelo jornal Lance! e confirmada por representantes do meio-campista à Gazeta Esportiva.net. A DIS, braço esportivo do grupo Sonda, mantém mistério até em relação à porcentagem do aumento aceito pelo camisa 8 para não acertar com uma equipe disposta a romper o seu compromisso com o Verdão.

Apesar do esforço da diretoria, é improvável que Souza esteja no Palmeiras em 2014. Em julho, ele está livre para assinar um pré-contrato e sair de graça do clube que o lançou. O volante já nem queria se juntar ao Verdão neste ano – preferia continuar no Náutico – e a diretoria não aceita pagar o que ele pede para renovar, a DIS já estaria próxima de uma equipe para o jogador na próxima temporada.

“Infelizmente, o Palmeiras hoje não tem condições financeiras de renovar de forma antecipada o seu contrato”, lamentou Nobre, ciente de que o camisa 8 tem boas chances de já acertar seu futuro no próximo semestre, mesmo com o aumento dado pela diretoria.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Volante ganhou aumento só para cumprir contrato até dezembro, e deve estar em outro time em 2014
“Disse a ele que, caso assinasse contrato com alguma outra equipe, eu ficaria muito triste não com ele, que é um jogador que respeito muito e um bom garoto, ótimo profissional, mas ficaria chateado com a situação de não ter conseguido eventualmente renovar com antecedência”, comentou o presidente.

O dirigente ainda tem alguma esperança, porém, de lucrar algo com o jogador – seus direitos econômicos são divididos entre o clube (20%), a DIS (30%) e a Turbo Sports (50%). “Se vier algo interessante para a instituição e para o jogador, é claro que vamos discutir, sem dúvida nenhuma”, falou.

Até para justificar o aumento, contudo, o mandatário tenta mostrar alguma esperança em manter um atleta que já se apresentou a contragosto em janeiro a Gilson Kleina. “Se chegar ao final do ano e ele não tiver assinado com ninguém, eu gostaria de tentar cobrir qualquer proposta, e garanto que um jogador da qualidade do Souza vai ter muitas propostas”, projetou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade