Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Nacional atropela Toluca no Centenário e tira Boca da ponta

Montevidéu (Uruguai)

Diante de quase 40 mil fanáticos torcedores no estádio Centenário, o Nacional teve uma exibição de gala na Copa Libertadores da América. Em confronto válido pela 5ª rodada do grupo 1, os uruguaios não tomaram conhecimento do adversário e atropelaram o Toluca com uma goleada por 4 a 0 para roubar a liderança do Boca Juniors e se garantir nas oitavas de final.

O dono da noite foi o atacante Gonzalo Bueno, que começou a brilhar logo aos dez minutos de jogo. O camisa 14 aproveitou vacilo da zaga mexicana e não desperdiçou para abrir o placar. A defesa dos visitantes seguiu atrapalhada e o goleiro Alfredo Talavera pegou recuo com a mão, fazendo com que o árbitro brasileiro Heber Roberto Lopes marcasse a infração. Os mandantes agradeceram e ampliaram com o meia Israel Damonte.

O ritmo da partida caiu no segundo tempo, mas os donos da casa seguiram eficientes no ataque. Aos 27 minutos, Bueno disparou em velocidade e foi derrubado por Francisco Gamboa e a arbitragem brasileira anotou o pênalti. O atacante Iván Alonso foi para a cobrança e tranquilizou o técnico Gustavo Bueno.

AFP
Torcida do Nacional lotou o estádio Centenário e exibiu enorme bandeirão durante a goleada sobre o Toluca
Para completar a festa da torcida, o ídolo Álvaro Recoba saiu do banco de reservas e foi mais uma vez decisivo na Libertadores. O veterano meia-atacante tabelou com Alexander Medina e deu um corta-luz para Bueno empurrar para as redes e fechar a goleada com seu segundo gol na partida.

Com o resultado, o Nacional alcança os dez pontos na tabela do grupo 1 e consegue a classificação antecipada para as oitavas de final. Além da vaga na próxima fase, o time uruguaio ultrapassou em um ponto o Boca Juniors e fica com a liderança antes de encarar o lanterna Barcelona-EQU. Eliminado, o Toluca fica com cinco pontos e encerra a participação no torneio contra o Boca.

Embolado – Já pelo grupo 7, a situação segue indefinida. O Newell’s Old Boys bateu o Deportivo Lara por 3 a 1 na Argentina e chegou aos nove pontos, contra quatro dos venezuelanos. Ignacio Scocco, duas vezes, e Pablo Pérez fizeram os dos mandantes, enquanto Edgar Greco descontou. Mais tarde, Universidad de Chile, que tem seis, e Olimpia, com sete, duelam em Santiago.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade