Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Ney quer ajuda de Luis Fabiano na marcação em retorno ao time

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O atacante Luis Fabiano volta ao time do São Paulo neste domingo, contra o Penapolense, e já recebeu orientações do técnico Ney Franco sobre a nova estratégia do clube na temporada. Satisfeito com a marcação com pressão exercida na vitória sobre o Atlético-MG, pela Libertadores, o treinador avisou ao atacante que espera uma ajuda para manter a tática.

“Falei com ele mais nos planos técnico e tático. Ele viu nossa equipe jogando a última partida e sabe da importância de um atacante, para não deixar também o adversário sair jogando. Além de ser nosso homem-gol, quero que participe efetivamente do trabalho tático”, afirmou o comandante.

O atacante não atua pelo Tricolor desde o dia 31 de março, quando se lesionou contra o Corinthians, e segue suspenso na Libertadores. Antes de promover o retorno do jogador ao time, Ney Franco não achou necessário pedir controle emocional ao titular, que pegou o gancho de quatro jogos no torneio continental em função da expulsão contra o Arsenal de Sarandí.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Luis Fabiano volta ao time depois de se recuperar de lesão e já foi avisado que precisa ajudar a marcar
“Temos uma proposta de marcação alta e, para isso funcionar, o homem de referência tem de participar também. Trabalhei muito o plano tático dele, porque muita gente já conversou com ele sobre os lados disciplinar e emocional. Tive uma conversa curta e objetiva e fico agora na expectativa de que seja nosso ponto de desequilíbrio”, acrescentou.

Depois de encarar o Penapolense, pelas quartas de final do Estadual, o camisa 9 cumprirá contra o Atlético-MG sua última partida de suspensão. Assim, Ney Franco já decidiu manter Aloísio no comando de ataque contra o Galo, mas não teme que o atleta tenha um prejuízo no ritmo de jogo por dar espaço a Luis Fabiano no Estadual.

“O Aloísio vai jogar contra o Atlético e não precisa de mais tempo para entender o lado coletivo. É o único para substituir o Luis e achei interessante segurá-lo para não correr risco de perdê-lo”, argumentou.

Além de preservar Aloísio, o comandante explicou que também está pensando na retomada de Luis Fabiano. “Depois do jogo contra o Atlético, ele ficará à disposição na Libertadores e uma das formas de se recuperar é jogando. Esta é a opção para ele ganhar ritmo, ficar preparado e chegar próximo do nível dos jogadores que estão atuando”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade