Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

No Criciúma, Fabinho alerta sobre adversário em mau momento

Bauru (SP)

Na última temporada, o Noroeste, time centenário da cidade de Bauru no interior de São Paulo, conquistou a Copa Paulista de Futebol, torneio que acontece no segundo semestre e que reúne grande parte dos clubes do estado, conquistando uma vaga na Copa do Brasil. No entanto, o torneio nacional mal chegou e o Norusca já foi rebaixado para a terceira divisão paulista e agora, em crise, recebe o Criciúma. O atacante do time catarinense Fabinho alerta para os perigos de se enfrentar um rival em um mau momento.

“A gente não pode chegar lá achando que vai ganhar de qualquer jeito só porque eles caíram no estadual”, analisa o atacante, que disputou a Copa do Brasil com a camisa do Guarani.

O zagueiro Matheus Ferraz, que já jogou no time de Bauru e faz sua estreia na segunda maior competição nacional, exalta o bom momento do Tigre e espera que a sequência de duas vitórias conseguida no Catarinense só aumente.

“Nossa equipe vem uma crescente. Estamos cada dia mais motivados e confiantes. Nossa confiança será muito maior para a sequência no Catarinense e Copa do Brasil”, declarou.

O Criciúma já está em Bauru e o técnico Vadão comanda apenas um treinamento na cidade interiorana na tarde desta terça-feira. Depois, o time entra em concentração para a partida, que pode selar a classificação para a próxima fase em caso de vitória por dois ou mais gols de diferença.

Divulgação
Nesta segunda-feira, o Criciúma embarcou para a cidade de Bauru, onde pega o Noroeste pela Copa do Brasil

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade