Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Nobre pede e Maikon Leite obedece: equipe tem que esquecer o Tijuana

William Correia São Paulo (SP)

Após conseguir os jogos do Paulista e da Libertadores nas datas que os jogadores e a comissão técnica desejavam, Paulo Nobre passou a cobrar força máxima tanto diante do Santos, no sábado, como na próxima terça-feira, contra o Tijuana. E pediu também que o pensamento no Palmeiras fosse jogo a jogo. Exatamente como Maikon Leite discursou na primeira entrevista coletiva no clube nesta semana.

“No momento, pensamos no Santos. Se pensarmos no Tijuana e esquecermos um pouquinho do Santos, não vai dar mais tempo no Campeonato Paulista. Temos que ficar com só um pouquinho do Tijuana na cabeça”, comentou o atacante, em discurso bem similar ao usado pelo presidente após a definição do clássico na Vila Belmiro para sábado.

Logo depois da reunião na Federação Paulista de Futebol, o dirigente indicou o caminho que precisaria ser seguido. “A prioridade é o Campeonato Paulista porque vem primeiro. No sábado, contra o Santos, muita concentração e dedicado só a esse jogo. Acabou o jogo do Santos, vamos pensar no jogo da Libertadores. E assim por diante”, ensinou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Maikon Leite avisa: "Se esquecermos um pouquinho do Santos, não vai mais dar tempo de voltar"
“Nossa prioridade é ganhar todo jogo em que entrarmos em campo. É o que falo para os jogadores: vestiu a camisa do Palmeiras, tem que querer ganhar mais do que qualquer outro jogador. Agora é se concentrar e trabalhar muito. Chegamos até aqui, legal, mas o time do Palmeiras quer ir além, e só vai conseguir com muito trabalho, muita determinação e muita doação em campo”, prosseguiu o presidente.

Seguindo à risca as palavras de Paulo Nobre, Maikon Leite pediu cuidado até no treinamento no gramado artificial no Nacional, na quarta-feira. A atividade atende a um pedido de atletas e da comissão técnica para se preparar para o piso do estádio Caliente, do Tijuana, mas o atacante insiste no foco no clássico da Vila Belmiro.

“Vamos treinar em um campo sintético, que não conhecemos muito, para nos aprimorarmos, mas a cabeça estará só no Santos. Não adianta atropelarmos o jogo de sábado”, reforçou Maikon Leite. “Temos condições de chegar nas duas competições, mas pensando jogo a jogo, um por um. Sábado é uma decisão, então temos que esquecer do Tijuana neste momento”, acrescentou o jogador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade