Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Nobre revela preço fixado para contratar Leandro: 5 mi de euros

São Paulo (SP)

Ao fim do ano, se quiser Leandro em definitivo, o Palmeiras terá que pagar cinco milhões de euros ao Grêmio. O valor, fixado na negociação de empréstimo, foi revelado pelo presidente do clube paulista, Paulo Nobre, durante participação no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

"É um valor, hoje, fora dos padrões do Palmeiras, que tem uma dificuldade financeira muito grande", reconheceu, na noite deste domingo.

O dirigente admitiu ter antecipado todas as receitas do ano para pagamentos dos três primeiros meses. Ao assumir o clube, em janeiro, tomou conhecimento de que até as verbas da edição 2015 do Campeonato Paulista estavam comprometidas pela gestão anterior, de Arnaldo Tirone.

Mesmo assim, Nobre prometeu esforços para viabilizar a contratação de Leandro, emprestado até dezembro. Impedido de jogar na Copa Libertadores por ter sido inscrito pelo Grêmio, o jogador de 19 anos vem se destacando no Campeonato Paulista, em que já anotou seis gols. O último deles neste domingo, na vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta.

Marcelo Ferrelli/Gazeta Press
Presidente reconheceu não ter quantia atualmente, mas prometeu esforços para contratar o jogador
A presença de Leandro em Campinas, a propósito, era dúvida. O atacante esteve a serviço da Seleção Brasileira no sábado – logo em sua estreia com a camisa verde-amarela, fez um dos gols do triunfo sobre a Bolívia – e viajou separadamente para chegar a tempo do compromisso.

"Ele é super identificado com o clube. Palmeirense de origem, o que hoje em dia não faz muita diferença porque os jogadores são profissionais. Mas quando fez o primeiro gol, tirou a camisa, foi até o Tobogã (do Pacaembu), uma coisa emocionante, que faz diferença. Ontem jogou pela Seleção Brasileira, fiquei orgulhoso", comentou o presidente.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade