Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Palmeiras deixa advogados à disposição de Charles no 'caso Bernardo'

William Correia São Paulo (SP)

Na investigação sobre o suposto espancamento e tortura do meia Bernardo, do Vasco, em uma favela carioca, é possível que seja solicitado um depoimento de Charles, que teria ajudado a evitar a morte do colega de profissão. E o Palmeiras já deixou seus advogados à disposição do jogador, mesmo não dando nenhuma posição oficial sobre o caso.

“O Palmeiras não vai se pronunciar. São problemas pessoais, e não referentes a futebol. Apenas o nosso departamento jurídico está ao lado dele para eventuais decisões, dando apoio em um caso como esse”, disse o diretor executivo José Carlos Brunoro.

O envolvimento de Charles no caso deixou todos surpresos no Palmeiras. O jogador treinou normalmente e, inclusive, foi relacionado para enfrentar o Santos, neste sábado, na Vila Belmiro. “Ele está relacionado. Isso não muda a vida dele aqui”, falou Brunoro, reiterando que ele deve jogar mesmo se tiver que depor no Rio de Janeiro.

Djalma Vassão/Gazeta Press
O dirigente José Carlos Brunoro garantiu suporte ao volante Charles após incidentes com vascaíno Bernardo no RJ
O crime ocorreu na madrugada de domingo para segunda-feira, período em que Charles estava de folga. O jogador não enfrentou o Ituano, no domingo, por estar suspenso, e só se reapresentou, como os demais atletas, na manhã de terça-feira. Mas seu depoimento, se for solicitado, só deve ocorrer na próxima semana.

Gilson Kleina até se assustou com o possível envolvimento de seu comando no crime. O técnico disse que soube do caso enquanto caminhava para iniciar sua entrevista coletiva, no começo da tarde desta sexta-feira, na Academia de Futebol.

Pouco antes, o técnico trabalhou normalmente com o meio-campista em treino sem a presença dos jornalistas. “O que conversei com o Charles foi absolutamente só sobre parte técnica e tática. E o vi muito tranquilo. Espero que tudo se resolva”, comentou Gilson Kleina.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade