Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Paulo Comelli admite futebol ruim do América-MG e espera reforços

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O América-MG avançou na Copa do Brasil, eliminando o modesto Gurupi-TO, com um empate sem gols em pleno Independência, resultado e futebol apresentado pelo Coelho que não agradou ao técnico Paulo Comelli, que afirma que o time mineiro poderia ter feito uma apresentação melhor. Comelli ainda condenou os erros cometidos pela equipe americana.

“Pelo fato de estarmos jogando em casa, no nosso estádio, perante nossa torcida, considero esse resultado como péssimo. Não é porque já tínhamos feito o resultado fora de casa que deveríamos ter jogado tão intranquilos, e ter errado tanto, principalmente no primeiro tempo, no qual demos oportunidades para o adversário”, analisou Comelli, que viu evolução no segundo tempo, mas que também não foi o ideal.

“No segundo tempo nós estivemos um pouco melhor, um pouco mais tranquilos e trabalhando mais a bola. Tivemos pelo menos três chances reais de gols e acabamos não fazendo. Mas bem aquém daquilo que a gente espera e que o torcedor quer. Mas estamos bem tranquilos quanto a isso. O lado psicológico pesou, já que saímos do Estadual com uma rodada de antecedência”, declarou.

O América-MG ainda tem um jogo para encerrar a participação no Mineiro, mas Paulo Comelli já pensa na sequência da Copa do Brasil e principalmente na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, prioridade dos americanos para a temporada. Para ter um time competitivo, Comelli afirma que é ainda é necessária a contratação de mais alguns jogadores.

“Tivemos uma situação idêntica no Criciúma. Tivemos 30 dias para reformular a equipe e nós sabemos que temos algumas carências, e dentro dessas carências vamos procurar trazer jogadores para reformular a equipe. A diretoria sabe, eu sei, o torcedor sabe, vocês da imprensa que estão acompanhando o dia a dia sabem. Todas as equipes do Estadual para o Brasileiro têm mudanças, e isso vai acontecer também no América-MG”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade