Futebol/Campeonato Catarinense - ( - Atualizado )

Por incidente contra Figueira, Chape terá de jogar longe de Chapecó

Chapecó (SC)

Na noite desta terça-feira o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de Santa Catarina puniu a Chapecoense com a perda de um mando de campo por conta de um incidente causado pela torcida no jogo contra o Figueirense, que terminou empatada em 0 a 0.

Segundo relatou na súmula da partida o árbitro Héber Roberto Lopes, uma pedra de gelo foi atirada por um torcedor da Chape em direção ao campo de jogo. Assim, o time do oeste catarinense terá de jogar longe da Arena Condá na próxima rodada. Além disso, o clube foi multado em R$ 10 mil. A fim de evitar maiores problemas, a diretoria do Verdão escolheu não recorrer da decisão do TJD.

A definição de um novo local para a partida contra o Camboriú, válida pela sétima rodada do returno do Campeonato Catarinense, deve sair até o final do dia. A tendência é de que o estádio Josué Anonni, em Xanxerê, que foi usado pelo clube, enquanto a Arena esteve em reforma, seja o lugar escolhido.

Campeã do primeiro turno com uma rodada de antecedência, a Chape não consegue repetir a boa campanha na segunda fase da competição e só venceu uma das seis primeiras partidas. Com seis pontos, a equipe ocupa a oitava colocação, mas já está garantida nas semifinais da competição.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade