Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Por Seleção, Elias teme improvisação no Flamengo: “Não sou lateral”

Rio de Janeiro (RJ)

Assim que o capitão Leonardo Moura sentiu lesão e foi substituído por Renato Abreu na vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Remo, o volante Elias recebeu instruções de Jorginho e assumiu a lateral direita. O ex-corintiano foi elogiado pelo comandante após a partida em Belém, se colocou à disposição para os próximos jogos, mas não se mostrou muito satisfeito com a situação.

“Quero que fique claro que não sou lateral, sou jogador de meio campista. Posso jogar nas três (posições) do meio, mas caso o Léo Moura não puder jogar, o Jorginho pode me utilizar. Não tem muito o que reclamar, mas que fique claro que prefiro jogar de volante”, sentenciou o jogador contratado no início da temporada.

Além de não se sentir à vontade na posição, Elias vê na improvisação um obstáculo para seu principal objetivo em 2013: voltar a ser convocado pela Seleção Brasileira. O volante chegou a ser chamado por Mano Menezes, mas ainda não foi lembrado pelo técnico Luiz Felipe Scolari.

“Isso atrapalha um pouco, mas nessa hora a gente tem que pensar mais na equipe. Pode ser por um jogo ou dois, porém mais do que isso pode fugir do meu objetivo. É contar com o apoio de todo mundo para que possam me ajudar e as coisas correrem bem. Tecnicamente ainda tenho muito a crescer para alcançar esse objetivo. E quero chegar para ficar”, projetou.

Se por um lado Leonardo Moura não tem condições para entrar em campo no final de semana contra o Duque de Caxias, às 16 horas (de Brasília) de sábado, dois jogadores estão de volta à equipe. O zagueiro chileno Marcos Gonzáles e o volante Ibson ficaram de fora do jogo válido pela Copa do Brasil, mas voltaram a ser relacionados na Taça Rio.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade