Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Rafael evita criticar o Santos e cita dificuldades da Copa do Brasil

Do correspondente Rodrigo Martins Santos (SP)

O empate com o Flamengo-PI, por 2 a 2, na última quarta-feira, no Estádio Albertão, não agradou a maior parte dos jogadores do Santos e também deixou o goleiro Rafael insatisfeito. Para o camisa 1 do Peixe, que evitou criticar a equipe praiana, os alvinegros poderiam ter saído de Teresina (PI) com uma vitória, até mesmo por dois gols de diferença, o que garantiria os santistas na segunda fase da Copa do Brasil.

“A gente queria vencer, só que infelizmente não conseguimos. Tivemos adversidades e não conseguimos contorná-las nesta partida. Mas, pelo menos, não perdemos. Sabemos que a Copa do Brasil é assim. Quando fomos campeões em 2010, eliminamos o jogo de volta apenas na segunda fase (contra o Remo-PA). É uma competição difícil”, destacou o arqueiro.

O Santos volta a enfrentar os piauienses na próxima quarta, na Vila Belmiro. Porém, antes do segundo confronto desta primeira etapa do torneio nacional, o Peixe volta a entrar em campo pelo Campeonato Paulista.

Os santistas visitam o União Barbarense, no sábado, a partir das 18h30 (horário de Brasília), no Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães. “Agora é trabalhar porque temos de vencer o jogo de volta contra o Flamengo-PI. Antes, nós temos mais um compromisso pelo Paulistão. Precisamos ganhar para terminar bem a primeira fase (da competição estadual)”, concluiu Rafael.

Ricardo Saibun/Santos FC
Rafael citou a Copa do Brasil de 2010 para defender o empate do Santos com o Flamengo-PI na edição deste ano

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade