Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Roberto Dinamite garante total apoio do Vasco ao meia Bernardo

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

Um dia após o Vasco emitir nota oficial manifestado apoio ao meia Bernardo, o presidente do clube, Roberto Dinamite, confirmou que o jogador terá todo o respaldo do Cruz-Maltino, com quem tem contrato até o fim de 2015. O dirigente, porém, lembrou-se de que o Vasco é responsável somente pelos atos de seus funcionários dentro de São Januário.

“Nós vamos dar total apoio ao Bernardo na parte jurídica, na parte psicológica e até mesmo na parte policial, que não é de competência do clube. Vamos dar assistência para que as coisas sejam solucionadas”, afirmou o mandatário à TV Globo.

Na madrugada desta quinta-feira, o SporTV e alguns sites publicaram que o jogador foi espancado na Favela da Maré, no Rio de Janeiro, a mando de Marcelo Santos das Dores, o “Menor P”, chefe do tráfico na região. Bernardo teria sido torturado, levado choques e só teria escapado da morte por intervenção de dois colegas de profissão criados na região: o lateral-direito Wellington Silva, do Fluminense, e o volante Charles, hoje no Palmeiras. Bernardo teria se envolvido com Dayana Rodrigues, uma das mulheres de “Menor P”.

Marcelo Sadio/vasco.com.br
O presidente Roberto Dinamite reafirmou total apoio do Vasco ao meia Bernardo após polêmica
Os rumores apontam que os problemas começaram quando traficantes viram o jogador e Dayana se relacionando na Favela Salsa e Merengue. Na sequência, foram levados para uma casa na Vila do João, onde teriam sido torturados com choques elétricos e espancados. Dayana ainda levou sete tiros nas pernas antes de ser libertada e atendida no Hospital Santa Maria Madalena. Ao chegar no hospital o caso se tornou conhecido pela Polícia, que convocará os envolvidos para prestarem esclarecimento.

Bernardo está afastado dos gramados desde o último dia 13 de abril, quando sofreu lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo durante jogo contra o Quissamã, pelo Campeonato Carioca. Na próxima quarta-feira ele deverá se submeter a uma cirurgia no local.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade