Futebol/Copa das Confederações - ( - Atualizado )

Ronaldo lembra problemas de 2002 para manter otimismo com a Seleção

Helder Júnior São Paulo (SP)

Cinco meses após definir o momento que atravessava a Seleção Brasileira como o pior da história, na época em que Luiz Felipe Scolari havia sido anunciado como o substituto de Mano Menezes, Ronaldo voltou a adotar o seu discurso otimista atual. As críticas da população à equipe nacional não cessaram – muito ao contrário –, mas o membro do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014 já se apega a outros períodos de crise para mostrar confiança.

“Nós nos classificamos com muitas dificuldades para a Copa de 2002, enfrentando problemas, e fomos campeões. O Felipão mais do que ninguém sabe como calar a boca de todos. E ele vai querer fazer isso”, apoiou Ronaldo, que era a principal aposta de Scolari naquele Mundial da Coreia do Sul e do Japão.

De qualquer forma, o ex-jogador sabe que é um dos poucos brasileiros a demonstrar alguma animação com o time de Felipão. Nesta sexta-feira, Ronaldo foi apresentado como parceiro da Poker Stars, que organiza os principais torneios de pôquer do mundo, e recorreu a um termo do jogo de cartas para reconhecer: “O Felipão vai ter que blefar muito. As coisas não estão indo bem, e a torcida brasileira não está muito otimista”.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Campeão do mundo com Felipão, o confiante Ronaldo acredita que o técnico vai "calar a boca de todos"
Ronaldo ainda citou a sua relação vitoriosa com o treinador do Brasil da década passada para justificar tamanha convicção. “Sou otimista porque conheço bem o Felipão. Acredito no trabalho dele. Ele pegou uma equipe nova, com jogadores jovens, e ainda está impondo a sua filosofia de jogo. Início de trabalho não é fácil”, relevou. “É uma realidade que não estamos jogando bem, mas acredito em uma melhora já na Copa das Confederações”, concluiu, exatamente como faria um bom filho da família Scolari.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade