Futebol/Campeonato Pernambucano - ( - Atualizado )

Silas exalta potencial do Timbu e pede “equilíbrio” após eliminação

Recife (PE)

Logo em sua estreia como técnico do Náutico, Silas teve que lidar com uma eliminação na primeira fase da Copa do Brasil. O empate por 1 a 1 dessa quinta-feira com o Crac-GO, dentro de casa, custou ao Timbu a vaga na próxima etapa. Mesmo assim, o treinador recusou a possibilidade de fazer cobranças exageradas ao elenco alvirrubro por conta da saída precoce .

“A gente precisa ter habilidade para lidar com o momento. Temos que ter equilíbrio, saber cobrar e também passar a mão na cabeça. Futebol é saber o momento de bater e o de passar a mão na cabeça. Vamos conversar e buscar uma evolução. Esse time já mostrou que tem potencial, que sabe jogar", elogiou, em entrevista coeltiva após o jogo.

Mas, ainda que tenha reconhecido esse potencial e a necessidade de reforçar a parte psicológica de seus jogadores, Silas revelou que irá dar também atenção especial aos erros que viu dentro de campo. Tudo isso pensando já no clássico deste doming,o contra o Santa Cruz.

“Vamos trabalhar a parte tática também. Lógico que não precisamos necessariamente fazer um treino coletivo, mas a gente consegue posicionar o time. Vamos analisar o Santa Cruz e fazer o planejamento. O campeonato agora é outro, não vamos entrar em desvantagem como hoje [quinta], contra um time que se organizou muito bem e achou um gol”, garantiu.

O “outro campeonato” a que Silas se referiu é a etapa de mata-mata do Pernambucano. O jogo deste domingo será disputado no Arruda e será o primeiro da semifinal. Uma semana depois, ambas as equipes decidem a vaga nos Aflitos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade