Futebol/Campeonato Pernambucano - ( - Atualizado )

Souto comemora atuação e Silas projeta semana decisiva para o Timbu

Recife (PE)

Após três derrotas consecutivas (duas no Campeonato Pernambucano e uma na Copa do Brasil), o Náutico voltou a vencer. No trunfo sobre o Serra Talhada, fora de casa, neste domingo, por 2 a 0, o volante Rodrigo Souto foi o grande destaque do Timbu. Contratado recentemente, o jogador disse, após a partida, que ainda busca a forma física ideal.

“Jogamos com três volantes e isso deu mais liberdade para eu cair pelos lados, tanto na cobertura quanto no apoio ao ataque. A gente vinha buscando sair da sequência de derrotas. É um incômodo para todos. Acho que a equipe toda se portou bem, e por isso conquistou um bom resultado”, disse o volante.

O volante elogiou a chegada do técnico Silas, que esteve em Serra Talhada acompanhando a equipe, comandada interinamente por Levi Gomes.

“Ele (Silas) procurou passar tranquilidade para a gente. Já chegou ajudando, e eu espero que o grupo ajude ele a fazer um bom trabalho. Pode ter sido meu melhor jogo aqui no Náutico, mas quero crescer ainda mais”, comentou Souto.

Divulgação/C. Náutico C.
Volante Rodrigo Souto comandou o meio de campo do Náutico contra o Serra Talhada (foto: Anderson Malagutti)
Depois da partida, Silas elogiou o desempenho da equipe, que estava sem três titulares (Martinez, Elton e Rogério).

“Muito bom ver o Rodrigo Souto evoluindo a cada jogo. Giovanni Augusto foi o cérebro desse time hoje. O Elicarlos voltando de lesão e indo bem. João Paulo mostrou-se um jogador rápido. Tudo isso contribuiu para um time organizado em campo e acho que poderia ter construído um placar até mais elástico”, declarou.

Logo na estreia, Silas terá uma missão ingrata: classificar o time para a próxima fase da Copa do Brasil. No jogo de ida, o Náutico perdeu para o Crac por 3 a 1, e nesta quinta-feira, nos Aflitos, precisará de ao menos dois gols para se classificar. No próximo domingo, contra o Santa Cruz, no Arruda, começa a decisão por uma vaga na final do Pernambucano.

“É uma semana curta. É descansar o grupo e recuperar para os jogos. Toda decisão é definida nos detalhes. Vence quem errar menos, e a gente espera isso do Náutico. Aos poucos, vamos ter jogadores importantes de volta ao time. Lesões e cartões quebram qualquer trabalho. O Náutico está pronto. O time já se conhece. Com o grupo inteiro, eles vão dar a resposta a cada jogo”, completou Silas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade