Futebol/Bastidores - ( )

Substituído ao lado de Jadson, Denílson diz que não será baixa na 4ª

Gabriel Carneiro, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

O técnico Ney Franco já havia programado sacar Denílson e Jadson no intervalo do confronto diante do XV de Piracicaba, neste sábado, no estádio do Morumbi. Por necessidade, no entanto, o Tricolor teve duas alterações efetuadas logo aos 37 minutos do primeiro tempo, gerando dúvidas quanto à condição física dos dois jogadores. Mais especificamente com o volante, que deve ser titular no meio de semana, quando o São Paulo decide sua vida na Copa Libertadores contra o Atlético-MG.

Logo após o encerramento da derrota na partida contra o time do interior paulista, Denílson explicou que ter treinado só dois dias após cinco de ausência na Inglaterra, onde resolvia problemas particulares, ocasionou um certo cansaço para a partida deste sábado: “Saí mais pelo cansaço. Fiquei um tempo sem fazer nada e hoje acabei sentindo a parte física. Mas com certeza para quarta-feira estarei 100%. Não tenho nada que me preocupe”.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
As dúvidas clínicas de Ney Franco para quarta-feira não passam por Denílson, só por Toloi e Rogério Ceni
“Fiquei cinco dias longe, treinei dois e isso afetou”, concluiu o volante tricolor, antes de minimizar a derrota contra o XV de Piracicaba e deixar claro que o foco é mesmo no Galo: “Sabíamos que seria uma partida também difícil e deveríamos ter conseguidos os três pontos. Não foi possível, e agora vamos pensar na quarta-feira, que é o jogo do ano para nós. Às vezes as coisas não acontecem para nós, mas na quarta-feira a torcida vai nos apoiar até o final e de qualquer maneira temos que vencer”.

Denílson foi um dos poucos prováveis titulares da próxima quarta-feira a atuar normalmente neste sábado, a exemplo de Rodrigo Caio e Edson Silva. Enquanto o jovem volante aguarda a opção de Ney Franco na disputa com Paulo Miranda pela vaga na lateral direita, o zagueiro é considerado titular ao lado de Rafael Toloi, que se recupera de lesão, assim como Rogério Ceni. Os únicos desfalques certos para o confronto são o atacante Luis Fabiano, suspenso por quatro jogos pela Conmebol, e o meia Jadson, por acúmulo de cartões amarelos.

“Eu prefiro fazer essa avaliação mais detalhada da condição física do Denílson quando reencontrar com o grupo, conversar com os fisiologistas, preparadores físicos, e saber o que aconteceu no jogo. Tenho para mim que foi por circunstância do jogo e que ele vai estar pronto para quarta-feira”, comentou Ney Franco, sem medo de perder Jadson por conta da suspensão. O camisa 10 sentiu uma lesão do lado direito da virilha e, caso reunisse condições legais, seria dúvida contra o Atlético-MG.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade