Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Tigre goleia Libertad, mas gol no fim deixa liderança com Verdão

Assunção (Paraguai)

O estádio Nicolas Leoz estava em festa antes do início da partida em Assunção. Um simples empate daria a classificação no grupo 2 ao Libertad diante do Tigre, mas os argentinos chegaram à capital paraguaia dispostos a estragar a empolgação da torcida e venceram por 5 a 3 para garantir vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Os donos da casa começaram tentando impor pressão e acertaram a trave em chute do atacante Pablo Velázquez logo aos dois minutos. Aos dez, no entanto, o castigo. O meia Rubén Botta escapou da marcação e, de longe, mandou um belo chute no ângulo do goleiro Rodrigo Muñoz.

Sem desanimar, o Libertad chegou ao empate quatro minutos depois. Martin Galmarini vacilou e o experiente Samudio apareceu nas costas da defesa para invadir a área e tocar na saída de Javier García. A alegria paraguaia não durou muito tempo e os argentinos voltaram à liderança do placar aos 28 minutos, quando Pérez García marcou um golaço.

Aos 30 minutos a situação dos alvinegros ficou ainda mais complicada. O zagueiro Ismael Banegas agrediu Ezequiel Maggiolo na grande área e o árbitro expulsou o defensor depois de assinalar o pênalti. Gaston Díaz foi para a cobrança e fez o terceiro do Tigre.

Dois minutos depois, porém, o Libertad deu mostras de que iria seguir vivo na partida em Assunção. José Nuñez recebeu bom passe do argentino Pablo Guiñazu, ex-Internacional, e bateu cruzado, no ângulo. O jogo seguiu equilibrado até o intervalo, mas os argentinos conseguiram um duro golpe nos primeiros minutos da etapa complementar.

Botta invadiu a área pela esquerda, bateu cruzado e o goleiro Muñoz espalmou para o meio. Pérez García aproveitou o vacilo do arqueiro paraguaio e, de carrinho, anotou o quarto tento dos visitantes. Já aos 33, Botta fez o quinto do Tigre, mas um gol de cabeça de Velázquez nos acréscimos da partida deixou os argentinos em segundo, atrás do Palmeiras.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade