Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Tigre recebe Olimpia para continuar fazendo história na Libertadores

Buenos Aires (Argentina)

Após uma classificação heroica às oitavas de final da Copa Libertadores da América, o Tigre quer continuar fazendo história na sua primeira participação na competição continental. O adversário desta terça será o Olimpia, no Monumental Victoria, em Buenos Aires.

Para conquistar uma boa vantagem no jogo de ida, o técnico Néstor Gorosito aposta no momento do time. “Os meninos dão a vida pela equipe. Eles sempre querem jogar. Tenho que agradecer muito por isto”, exaltou o treinador, que terá alguns problemas para esta partida.

O volante Gastón Díaz, lesionado, está fora. Diego Castaño e Diego Ferreira disputam seu lugar. No entanto, Gorosito também tem motivos para comemorar, já que o lateral-esquerdo Lucas Orban e o meia Rubén Botta se recuperaram de lesões e foram liberados pelo departamento médico.

Divulgação
Técnico Néstor Gorosito aposta na determinação dos seus jogadores para fazer história na Libertadores
Com pouca tradição na Argentina, o Tigre, que vem fazendo boas campanhas nos últimos cinco anos, parece ter despertado a atenção dos torcedores. De acordo com informações do jornal argentino Olé, a procura por ingressos para o jogo desta terça foi grande, e a expectativa é de bom público.

Do outro lado, o Olimpia, maior campeão paraguaio, quer se recuperar da péssima campanha no Nacional e continuar sonhando com o bicampeonato da Libertadores. O goleiro Martín Silva apontou para as possíveis dificuldades que ele e os seus companheiros deverão encontrar na Argentina.

“Vamos encontrar um clima típico de Libertadores. Falam bastante do jogo aéreo do Tigre, mas consideramos que este também seja um ponto forte nosso. Temos que ficar atentos, porque uma desatenção poderá jogar fora o trabalho de uma semana inteira”, analisou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade