Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

TJD suspende resultado e Flamengo volta a ter chances na Taça Rio

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Depois de ter derrotado o Remo por 3 a 0 e garantir a vaga na segunda fase da Copa do Brasil, o Flamengo voltou a ter chances de chegar às semifinais da Taça Rio. Isso porque o presidente do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ), José Teixeira Fernandes, concedeu, a pedido do clube, um mandado de garantia para suspender o resultado do jogo entre Flamengo e Duque de Caxias, válido pela quinta rodada. Naquela ocasião o clube da Gávea alegou que o gol marcado pelo atacante Hernane e anulado alguns minutos depois de ter sido validado pelo trio de arbitragem mostra que houve interferência externa na decisão, algo proibido pela Fifa. O duelo terminou empatado por 1 a 1.

Na próxima quinta-feira à tarde, será realizada uma audiência de instrução no TJD, da qual participarão os advogados de Flamengo e de Duque de Caxias, além do árbitro Pathrice Maia, dos assistentes Paulo Paladino e Tarsio Monteiro, do delegado Marcos Trindade e do presidente da Comissão de Arbitragem, Jorge Rabello. Se ficar comprovado que houve ajuda externa o Tribunal pode decidir por validar o gol, mudando para 2 a 1 o resultado do jogo, ou simplesmente anular a partida, que seria remarcada.

Caso isso aconteça, o Flamengo voltará a ter chances de chegar às semifinais da Taça Rio. No caso da remarcação do jogo o Flamengo poderá avançar se vencer o reencontro com o Duque de Caxias, derrotar o Macaé neste sábado e o Fluminense, no domingo, for superado pelo Bangu. Hoje os flamenguistas aparecem na quarta posição do Grupo B com oito pontos, cinco a menos que o Fluminense, segundo colocado. Em caso de anulação até o Duque de Caxias, terceiro colocado com nove pontos, poderia se classificar. O quadro só não muda a classificação do líder Resende, que tem 15 pontos.

“Nós precisamos apurar se houve auxílio externo, interferência no trabalho da arbitragem. É importante que isso seja verificado”, afirmou o advogado Michel Assef Filho, que representa o Flamengo no caso.

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) já retirou na tabela de seu site o resultado do jogo entre Flamengo e Duque de Caxias, conforme mandava a decisão judicial.

A diretoria do Fluminense não se posicionou sobre o episódio e nem o Duque de Caxias. Vale lembrar que se o Tricolor derrotar o Bangu no domingo as semifinais não poderão mais ser alteradas, independentemente do que acontecer no Tribunal.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade