Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Torcida da Lusa pressiona Chamusca e Da Lupa após goleada histórica

São Paulo (SP)

Há 52 anos, a Portuguesa sofreu uma goleada por 7 a 0 diante do Fluminense, a última derrota por este placar até a noite de sábado, quando foi ao estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto e viu o drama ser repetido pelo Comercial, que ainda lhe roubou a liderança do Grupo 3 do Campeonato Paulista da Série A2. Os efeitos do revés já foram sentidos na manhã deste domingo, quando os muros do Canindé amanheceram pichados.

Além de inscrições de revolta como “vergonha”, “humilhação” e “queremos jogador”, a torcida se manifestou contrariamente às permanências do presidente Manuel da Lupa e do técnico Péricles Chamusca, segundo o site Lusa News. Contratado para substituir Geninho por ser mais barato, o treinador campeão da Copa do Brasil de 2004, pelo Santo André, ainda não conseguiu engrenar no comando da Lusa, terminando a primeira fase na vice-liderança e somando duas vitórias e uma derrota elástica no quadrangular final.

A diretoria da Portuguesa só deve se manifestar oficialmente na segunda-feira, mas a tendência é que mantenha Chamusca para a sequência da Copa do Brasil e pelo menos até o encerramento da Série A2. Durante o confronto diante do Naviraiense, nesta terça-feira, a Leões da Fabulosa, principal torcida organizada do clube, deve protestar contra o treinador e também contra a diretoria.

“Desde 1961 os torcedores da Portuguesa não passavam por tal humilhação. Estão acabando com a nossa paixão, independente do motivo do placar, não podem mexer com a emoção dos nossos torcedores e acabar com a história de um dos maiores times do Brasil. Fomos humilhados”, diz o comunicado oficial da organizada, antes de dirigir as críticas: “Chega de jogadores que não honram nosso manto, fora Da Lupa, fora “rei do rebaixamento”, fora diretoria, queremos jogador, queremos diretor, time e diretoria sem vergonha, fora Chamusca”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade