Futebol/Copa Libertadores - ( )

Treinador compara Vinícius a Leandro e não desiste do prata da casa

William Correia São Paulo (SP)

Por falta de opção, Vinícius pode voltar a ser titular do ataque do Palmeiras no decisivo duelo desta terça-feira, contra o Tigre, após quatro jogos ficando na reserva ou até mesmo sem ser relacionado para o banco. Como motivação, Gilson Kleina compara o atacante de 19 anos a outro de mesma idade no elenco, mas com mais sucesso: Leandro.

O técnico lembra que o artilheiro do Verdão no ano era contestado pelos gremistas, como ocorre com Vinícius. “O caso do Leandro, de repente, passa um pouco pelo do Vinícius aqui. Não sei se o torcedor lá tinha essa paciência, mas o Leandro tem estrela. Tenho certeza de que o torcedor palmeirense está gostando muito, parece que ele está há muito tempo aqui”, comentou o comandante.

Apesar do discurso do treinador, a comparação dos números dos dois atacantes mostra um abismo de diferença entre ambos. Em oito jogos pelo clube, Leandro marcou cinco gols, enquanto Vinícius fez três em 62 partidas. Foi exatamente por essa diferença de desempenho que o jogador emprestado pelo Grêmio deixou o colega na reserva.

“Conversei com o Vinícius para ele não achar que saiu por demérito ou que resultados negativos passaram por ele. São coisas que acontecem no futebol. Mas sei o quanto ele trabalha”, tentou confortar Kleina, sendo sincero, porém, em outro motivo para animar Vinícius. “Não posso desistir de ninguém porque são esses jogadores que vão nos ajudar tanto no Campeonato Paulista quanto na Libertadores.”

Fernando Dantas/Gazeta Press
Capitão do Palmeiras na última Copa São Paulo de Futebol Júnior deve ter nova chance com titular nesta terça
Por já ter atuado na Libertadores pelo Grêmio, Leandro não poderá ser inscrito pelo Verdão na competição continental. O que deve forçar a escalação de Vinícius, mas sob um discurso de confiança. “Jamais vou desistir do Vinícius. É um grande garoto. Nos momentos de queda de produção dele, que a cobrança venha com respaldo mais em mim. É um potencial que o Palmeiras tem, um prata da casa”, disse Kleina.

A tentativa do técnico é minimizar as más atuações de Vinícius em quase três anos como profissional, que já o fizeram ficar marcado para parte dos torcedores. “O Vinícius com certeza será um grande jogador no futuro, mas está em fase de maturação, precisa de uma lapidação. Está há algum tempo no profissional, mas pela primeira vez ganhou uma sequência”, apontou.

Kleina, contudo, volta a ser sincero ao apontar, na comparação com Leandro, o que pode ser uma solução para Vinícius. “O Leandro tem a mesma idade, mas de repente se destaca aqui por estar em outra agremiação e recebendo oportunidade. Com o Vinícius, pode acontecer a mesma coisa”, imaginou o treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade