Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

United empata e vê City diminuir a diferença para 13 pontos

Londres (Inglaterra)

Líder do Campeonato Inglês, o Manchester United ficou no empate nesta quarta-feira, diante do West Ham, em Londres, em partida atrasada da 29ª rodada da competição. Com o resultado, os Diabos Vermelhos permitiram a aproximação do segundo colocado e arquirrival, City, que, com um gol de Tevez, venceu o Wigan em casa. Agora, a diferença entre as duas equipes de Manchester é de 13 pontos.

O United tem mais cinco partidas até o término da competição. Para confirmar o título e não depender de algum tropeço do City, basta que a equipe comandada por Alex Ferguson some cinco dos 15 pontos que ainda disputará.

O empate sofrido fez com que o West Ham ganhasse uma posição no Campeonato Inglês. A equipe, que não almeja mais grandes conquistas na atual temporada, chegou aos 39 pontos e subiu para a 11ª colocação.

O jogo - A enorme distância na tabela entre as duas equipes não se mostrou um ponto de desequilíbrio, favorável ao líder do Campeonato Inglês, nos primeiros minutos do jogo. A primeira chance foi criada pelo West Ham, aos quatro minutos de jogo. Carroll, meio desajeitado, conseguiu finalizar. A bola passou tirando tinta da trave defendida por De Gea.

AFP
O meia Mohamed Diame comemora com os companheiros o belo gol que marcou contra o United (foto: Ian Kington)

Um pouco melhor na partida, o West Ham abriu o placar da partida aos 16 minutos do primeiro tempo. Em rápido contra-ataque puxado pelo lado esquerdo, Jarvis recebeu perto da grande área e cruzou para Andy Carroll. O grandalhão escorou para Vaz Te, que, dentro da pequena área, completou para o gol com um toque de cabeça.

Depois do gol, o United melhorou na partida, e passou a buscar mais o ataque. O gol de empate saiu aos 30 minutos, quando o japonês Kagawa deixou o marcador no chão em uma bela jogada e cruzou rasteiro para o equatoriano Valencia, que completou para o fundo das redes.

Aos 34, o West Ham tentou de novo com Vaz Té, que arriscou de fora da área e viu a bola ir para fora. Aos 40, Jarvis cruzou para Carroll, mas desta vez o centroavante não conseguiu cabecear.

O United tentou responder aos 41. Carrick, em jogada individual, tentou invadir a área, mas acabou sendo desarmado pela defesa adversária. Dois minutos mais tarde, Valencia cruzou, mas a bola parou nas mãos do goleiro Jaaskelainen.

AFP
Holandês Robin Van Persie comemora o gol que garantiu o empate ao United (foto: Ian Kington)
Os Diabos Vermelhos voltaram do intervalo decididos a virar a partida. Logo no primeiro minuto, Wayen Rooney lançou Van Persie, que ajeitou para Jones. O zagueiro acabou perdendo o tempo de bola e não conseguiu finalizar.

A resposta da equipe da casa veio aos nove minutos, e de forma fatal. Vaz Té tocou de letra para Demel, que passou para Diame. O meia se livrou da marcação e chutou colocado, com efeito, sem chances para De Gea.

Depois do gol, o West Ham recuou, e o United passou a pressionar. O líder do Inglês só conseguiu responder aos 17. Após cobrança de escanteio, Wayne Rooney chutou, o goleiro do West Ham deixou a bola passar e a defesa salvou os anfitriões em cima da linha. Aos 23, Jaaskelainen salvou o West Ham com uma defesa espetacular após cabeçada de Van Persie.

A intensa pressão do United surtiu efeito aos 31 minutos, e o gol de empate saiu da forma mais dramática possível. Kagawa chutou da entrada da área, a bola bateu nas duas traves e se ofereceu para Van Persie, que mandou para o gol.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade