Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Vasco recorre a empréstimo para pagar um mês de salários atrasados

Rio de Janeiro (RJ)

A diretoria do Vasco conseguiu, graças a um fundo de investimentos, um empréstimo de R$ 1,5 milhão para pagar as dívidas de um mês de salários atrasados de seus jogadores. Neste sábado, eles completariam três meses sem receber.

No entanto, apenas parte dos jogadores foi contemplada e a diretoria espera quitar o montante, que inclui também o dinheiro do direito de imagem do elenco, até segunda-feira.

A situação dos funcionários do Vasco também continua complicada e a solução seria o acerto com um novo patrocinador, que vem sendo tratado.

Apesar de a diretoria vascaína se mostrar transparente aos jogadores e ao técnico sobre os problemas financeiros que atravessa, ela já começa a enfrentar problemas com o grupo como o que surgiu nesta sexta, quando Paulo Autuori ameaçou não fazer a viagem para o interior carioca planejada pela diretoria para a inter-temporada caso o problema dos salários não seja resolvido.

Divulgação/Vasco da Gama
O técnico do Vasco, Paulo Autuori (direita) cobrou a diretoria vascaína e ameaçou não levar o time para a inter-temporadase os salários não fossem pagos

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade