Futebol/Campeonato Gaúcho - ( )

Vitória magra não incomoda Dunga, que exalta “mentalidade” do Inter

Caxias do Sul (RS)

Apesar de ter vencido por apenas 1 a 0 o Veranópolis nesse domingo, o Internacional teve uma superioridade que não se refletiu no placar. A vantagem magra não incomodou o técnico Dunga, que pediu apenas a seus comandados que sejam mais cuidadosos na hora das finalizações.

“As jogadas estavam saindo, mas faltava o toque final. Era jogo para fazermos dois, três gols. Não dá para ficar correndo risco. Depois, se a gente toma um gol, perde tudo. Mas não fiquei tenso, nem nada”, disse.

Na visão de Dunga, o Internacional não conseguiu ampliar o placar também pelo cansaço físico que os atletas sentiram no segundo tempo. Os principais elogios, o treinador direcionou para a atitude mostrada pelo time, descrito por ele como “maduro”.

“Ninguém consegue manter o mesmo ritmo sempre. O futebol é um jogo de erros e acertos. Você tem que tentar errar o mínimo possível. A gente marcou bem. O que me deixa tranquilo é a mentalidade deles, que querem vencer, não se entregam, buscam o resultado”, garantiu.

Nesta quarta-feira, o Internacional enfrenta o Santa Cruz no Recife pela Copa do Brasil. No próximo domingo, a equipe pega o Juventude. Se vencer, se sagra campeão gaúcho.

Alexandre Lops/SCI
Dunga exaltou a postura "madura" e a "mentalidade" do Internacional após a vitória sobre o Veranópolis

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade