Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

Wellington se dispõe até a romper ligamentos para vencer Atlético

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O volante Wellington passou por um momento bastante difícil em sua curta carreira profissional quando rompeu o ligamento do joelho esquerdo em fevereiro do ano passado. Agora, enquanto se prepara para o jogo decisivo contra o Atlético-MG, o meio-campista afirma que, se for preciso, está disposto até a se lesionar de novo para ajudar o São Paulo a vencer.

“É o jogo mais importante da minha carreira, nunca escondi que sou são-paulino e quero muito ganhar a Libertadores. Sofro muito quando o clube não vence. Se depender de romper outro ligamento pelo São Paulo, eu vou romper”, afirmou.

Wellington volta a ser titular nesta quarta-feira, já que Maicon está entregue ao departamento médico. Com declarações de efeito para prometer entrega em campo, o meio-campista espera um pouco mais de sorte para tentar derrotar o Galo.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Volante Wellington afirma que dá a vida para ganhar do Atlético na partida decisiva desta quarta
“Quando coloco a camisa do São Paulo, dou a vida para ganhar. Não paro de correr nem em treinamento. Acho que a bola está precisando entrar, porque está saindo quando bate na trave. Além disso, os goleiros adversários vêm fazendo milagres. Estamos com raça e técnica, mas falta uma bolinha da sorte entrar para nós”, completou.

Diante do mistério do técnico Ney Franco em relação à escalação, Wellington manifestou sua confiança na força do São Paulo para reverter a situação complicada na Libertadores. “Todos nós estamos preparados para o jogo contra o Atlético, é a partida da nossa vida e vamos fazer o melhor por um resultado positivo”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade