Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Brunoro elogia resultados em curto período, mas cogita dispensas

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

Um dia depois da eliminação nas oitavas de final da Copa Libertadores da América, o diretor executivo do Palmeiras, José Carlos Brunoro, reconheceu a necessidade de uma avaliação do elenco para definir possíveis dispensas. Ainda elogiando os resultados obtidos pelo clube neste período de gestão de Paulo Nobre, o dirigente explicou que é natural fazer mudanças ao término de campeonatos.

“Toda vez que termina uma competição, há uma avaliação do trabalho, do elenco e do que podemos fazer. Esta avaliação será feita nos próximos dias, teremos uma reunião grande sobre isso. Quando começar a Série B, teremos de estar com tudo bem preparado”, afirmou.

O Palmeiras amargou a eliminação nas quartas de final do Campeonato Paulista diante do Santos, nos pênaltis. Já na Libertadores, o time estava animado depois de ter segurado o empate sem gols no México, mas acabou derrotado por 2 a 1 pelo Tijuana, no Pacaembu, sendo desclassificado nas oitavas de final.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Diretor José Carlos Brunoro fará uma avaliação do elenco para decidir se alguém será dispensado
“Como em qualquer avaliação, pode ter gente que seja aproveitada ou não. Pode acontecer (dispensa), como pode não ter. Vamos ver quem foi bem. Às vezes, podemos só trazer e não dispensar”, avaliou.

Brunoro explicou que precisará de muito cuidado para decidir se alguém merece ser liberado, até porque o dirigente se mostrou satisfeito com os resultados obtidos pelo Verdão até o momento, levando em conta que o grupo foi reformulado.

“Não podemos falar que por causa de um jogo temos de mudar tudo, que o trabalho está ruim. Se olharmos que são menos de 90 dias de gestão no futebol, temos ótimos resultados, com elencos diferentes para as competições. Se olharmos assim, o resultado está dentro de padrões normais para qualquer equipe. Vários times investiram muito mais e não se deram bem”, comentou.

Apesar de admitir mudanças, o dirigente não cogita a saída do técnico Gilson Kleina. “A comissão está mantida e vai nos ajudar a avaliar o elenco”, ponderou. Funcionário de total confiança do presidente Paulo Nobre, Brunoro entende que o atual elenco tem o perfil necessário para a equipe se dar bem na Série B do Campeonato Brasileiro, que começa no dia 25, contra o Atlético-GO, em Itu.

“Montamos esse grupo visando à Série B. Poderíamos ter ido mais longe, era nossa expectativa, que não pode ser diferente no Palmeiras. Os jogadores têm perfil de Série B, com grande competitividade, e em qualquer processo você precisa passar por uma análise. Nisso, podemos fazer algumas mudanças. É natural em qualquer processo”, completou.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade