Comercial Expediente Contato
Acompanhe a GE.net
Futebol/Campeonato Baiano - ( )

Capitão, Deola não joga, mas levanta a taça e exalta força do grupo

Salvador (BA)

Com o punho lesionado, Deola ficou de fora da decisão do Campeonato Baiano. Desta forma, Wilson teve a chance na equipe titular e fez o seu papel com a camisa do Vitória. Na hora da entrega da taça, no entanto, um fato chamou a atenção: mesmo sem jogar, o goleiro do Leão, que também é capitão da equipe, foi chamado para levantar o troféu – uma réplica do Mercado Modelo.

O treinador Caio Júnior explicou sobre a situação de Deola, defendendo sua importância para os outros jogadores do elenco. “Eu conversei com ele (Deola), disse que ele levantaria o troféu e não deixaria de ser importante”, afirmou o comandante rubro-negro em sua entrevista coletiva, logo após a sexta conquista de sua carreira.

Ciente sobre sua dificuldade, Deola também comentou sobre a sua ausência. O goleiro usou seu exemplo para exaltar a força do elenco do Leão da Barra. “Nessa hora tem que usar a razão, o Wilson estava mais capacitado para entra em campo. O importante é isso: temos um grupo forte que mais uma vez correspondeu”, destacou o arqueiro rubro-negro.

A missão de substituir Deola ficou com o goleiro reserva Wilson. O jogador não sentiu a pressão e mostrou segurança. No final da partida, após a confirmação da conquista, o arqueiro do Vitória falou sobre a preparação para a partida, destacando a vitória coletiva deste elenco rubro-negro.

“Como eu falei durante a semana, estava me preparando, pois a gente não sabe quando a oportunidade vai bater na porta. Fico feliz de poder ter ajudado meus companheiros em campo. É o título de todo grupo, estão todos de parabéns. Temos que comemorar todos juntos”, falou o substituto, ainda no gramado, comemorando o título estadual.

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade